Luizomar

Luizomar teve princípio de arritmia no jogo contra o Brasília (Deco Pires/Fotojump)

Jonas Moura
12/03/2016
20:01
Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Luizomar de Moura, do Vôlei Nestlé, deve receber alta neste domingo após sofrer um princípio de arritmia cardíaca durante a primeira partida das quartas de final da Superliga Feminina, contra o Terracap/Brasília Vôlei, na última sexta-feira, no Ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). O time paulista venceu por 3 sets a 0 e abriu 1 a 0 na série melhor de três. Ele passou a última noite na UTI e se encontra bem, mas não deve viajar para o segundo duelo da série, que acontece segunda-feira, às 21h, em Taguatinga (DF).

Por enquanto, Luizomar terá de utilizar um aparelho no corpo durante 24h, com o objetivo de detectar qualquer sinal do problema. Os médicos ainda não sabem quando o treinador poderá voltar ao cargo.

“Luizomar apresentou uma arritmia cardíaca no intervalo entre o primeiro e segundo sets do jogo de sexta-feira. Foi levado consciente e orientado para o Hospital do Coração, onde a arritmia foi revertida. Passou a noite na unidade de terapia intensiva e está realizando exames complementares. Está clinicamente estável e obtendo bons resultados nos exames. Deve receber alta ainda neste final de semana”, informou a assessoria do time ontem, em nota.

A equipe viaja neste domingo pela manhã para o Distrito Federal, onde treina à tarde. O grupo será comandado pelo assistente técnico Jefferson Arosti. Na hora do susto, as jogadoras presenciaram Luizomar cair de costas.

– Os médicos farão o protocolo de exames para ver se está tudo bem. Tem de averiguar o que causou. Nos conhecemos há anos e ele nunca teve nada – disse Jefferson, ao LANCE!.

Se vencer o próximo jogo, o Vôlei Nestlé garantirá uma vaga na semifinal, contra Rexona-Ades ou Pinheiros/Klar. O time carioca tem 1 a 0.