Brasil x EUA

Brasil foi irregular contra os Estados Unidos (Foto: Reprodução/FIVB)

LANCE!
06/06/2018
09:15
Jiangmen (China)

O Brasil voltou a repetir a mesma irregularidade do jogo desta terça-feira (05/06), contra as chinesas, na partida contra os Estados Unidos, nesta quarta-feira, em Jiangmen, na China. Porém, contra as americanas, a Seleção Brasileira não conseguiu mostrar força e perdeu por 3 sets a 1. Com a derrota, o Brasil não assume a ponta da Liga das Nações, que permanece com os EUA, com 31 pontos.

O primeiro set foi equilibrado, com ambas equipes disputando, ponto a ponto, quem ficaria na frente do placar. O Brasil chegou a ficar na vantagem, com 8 a 6, porém, as americanas empataram em 15 a 15 e foram superiores no final, fechando o set em 25 a 23.

Se o primeiro set foi equilibrado, o segundo não foi diferente. O Brasil fez sua parada técnica vencendo por 8 a 5. Ambas equipes erravam muito e as brasileiras continuavam demonstrando irregularidade. Porém, com Adenízia, o Brasil conseguiu vencer o set por 28 a 26.

O Brasil começou motivado o terceiro set, apesar de estar atrás do placar, no início (6 a 3), mas se recuperou e abriu 8 a 7 e aumentou a vantagem em 16 a 13. As americanas pediram a parada técnica e voltaram melhores, empatando a partida em 16 a 16. Com o empate, os EUA cresceram na partida e fecharam o placar com Gibbemeyer. 24 a 21 e 2 a 1 para os Estados Unidos.

A derrota abalou a Seleção Brasileira, que no último set não conseguiu impor seu jogo e estilo. Com muitos erros, as americanas não tiveram dificuldades de sacramentarem a vitória. O placar de 16 a 9 já era um presságio da derrota. Com facilidade os EUA fecharam o set em 25 a 18 e garantiram a ponta da competição.

O Brasil continua com 26 pontos e pode ser ultrapassado pela Sérvia, que tem 24 e ainda tem um jogo a realizar. As brasileiras entram em quadra, nesta quinta-feira, às 5h, contra a Rússia (sexta colocada, com 17 pontos). As cinco melhores seleções se juntam a China (já classificada por ser a anfitriã) para a próxima e decisiva fase.