Rexona-Sesc estreia com vitória no Mundial de Clubes

Rexona-Sesc celebra vitória em sua estréia no Campeonato Mundial de Clubes (Foto: Divulgação/FIVB)

LANCE!
21/10/2016
16:57
São Paulo

O Mundial de Clubes ainda não acabou para o Rexona-Sesc.  Apesar de estar fora da disputa por medalhas, a equipe carioca enfrenta à meia noite deste sábado, as tailandesas do Bangkok Glass. Em caso de vitória, o time comandado por Bernardinho buscará o quinto lugar do torneio contra vencedor do confronto entre Hisamitsu Springs (Japão) e PSL – F2 Logistics Manila (Filipinas).

Para alcançar este marco, as jogadoras brasileiras terão que se adaptar a um estilo de jogo distinto de suas outras adversárias. As europeias são atletas mais altas e apresentam um estilo de jogo mais lento do que as asiáticas. 

- Sabemos que os times asiáticos exigem muita paciência. Eles fogem do padrão que enfrentamos aqui no Mundial, um voleibol de muita força e bolas altas, e jogam com muita velocidade, além de defenderem muito bem também. Teremos que mudar nosso jogo, adaptar o time para as características delas. Vamos estudá-las para entrar em quadra de cabeça erguida em busca deste quinto lugar - afirmou a levantadora do Rexona, Roberta.

A meia de rede do time carioca, Juciely, vê esta competição como forma de adquirir experiência internacional, além de manter a equipe entrosada.

- Não conquistamos nosso principal objetivo, que era estar em uma semifinal. Mesmo assim, temos que aproveitar as oportunidades que tivermos para não só buscar a melhor classificação como também melhorarmos nosso entrosamento e ritmo de jogo. Estamos ganhando bagagem internacional e experiência, que serão fundamentais para o restante da temporada - disse Juciely.

A disputa pelo quinto lugar ocorrerá neste domingo, à meia noite.