Natália, ponteira do Rexona-AdeS, marcou 379 pontos (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Natália, ponteira do Rexona-AdeS, marcou 379 pontos (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

RADAR/LANCE!
31/03/2016
16:22
Brasília (DF)

A final da Superliga Feminina de vôlei 15/16 colocará frente a frente as duas maiores pontuadoras da competição. Pelo lado do Rexona-AdeS (RJ), a ponteira Natália marcou 379 pontos e só é superada pela norte-americana Alix, do Dentil/Praia Clube (MG), com um total de 438 acertos. As duas atacantes são armas decisivas das suas equipes para a final que será disputada às 9h deste domingo (04/04), no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF).

A ponteira Natália ressaltou o desempenho de sua equipe na competição, mas sabe que a final diante do grupo mineiro não será fácil. 

- A campanha que fizemos foi muito boa com somente duas derrotas durante toda a Superliga. Estamos confiantes depois da semifinal contra o Vôlei Nestlé e isso fortaleceu bastante a nossa equipe. Sabemos que será difícil e decidido em somente um jogo - afirmou a atleta, que ainda chamou a atenção para um confronto especial.

- As ponteiras das duas equipes se equivalem e acredito que será uma briga boa em todos os sentidos - apontou 

A atacante Gabi, do Rexona-AdeS, comentou sobre a boa fase das jogadoras da sua posição na Superliga 15/16.

- A Alix é a maior pontuadora da Superliga e a Nati aparece logo atrás. São duas jogadoras de decisão. A norte-americana é alta, habilidosa e tem um bloqueio pesado. A Michelle tem a função de estruturar a linha de passe delas e tem jogado muito bem - analisou Gabi.

No Dentil/Praia Clube, a norte-americana Alix, de 26 anos, disputa sua primeira temporada no voleibol brasileiro e, já no seu ano de estreia, foi um dos destaques na inédita classificação das mineiras para a final. A atacante projeta que sua equipe faça mais uma grande partida nesta edição da Superliga, para encerrar a temporada com chave de ouro. 

- Acredito que a final será uma grande batalha. Tenho muito respeito pelo Rexona-AdeS e elas mostraram durante toda a temporada que são um time forte e consistente. No entanto, nossa equipe também está motivada na busca desse título e vamos lutar com tudo que temos. Quero muito essa conquista e acredito que será um jogo de alto nível - disse Alix, que ainda comentou sobre sua temporada de estreia no voleibol brasileiro.

- Estou muito feliz de ter a oportunidade de jogar a final em minha primeira temporada no Brasil. Conquistar esse título seria realização de um sonho. É muito bom estarmos na decisão, mas não estou satisfeita. Nós trabalhamos muito durante toda a temporada e merecemos finalizar a competição com uma vitória - afirmou a norte-americana.

O Rexona-AdeS disputará a 12ª final consecutiva da competição e lutará pelo 11º titulo. Já o Dentil/Praia Clube chega à decisão da Superliga 15/16 pela primeira vez na história da equipe.