William está confiante na participação do São Bernardo na Superliga Feminina de vôlei (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

William está confiante na participação do São Bernardo na Superliga Feminina de vôlei (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

RADAR/LANCE!
13/11/2015
17:33
São Paulo (SP)

Neste sábado, Sesi e São Bernardo do Campo estreiam na Superliga Feminina de Vôlei. O jogo marcado para às 14h30, na Vila Leopoldina, em São Paulo, promete ser agitado dentro e fora das quadras.

Velhos conhecidos, os treinadores William, da equipe de São Bernardo e Talmo, do time da capital paulista, jogavam como levantadores e conquistaram medalhas inéditas com a camisa da seleção brasileira. O treinador do clube do ABC Paulista foi o capitão da equipe que ficou com a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984. Já o técnico do Sesi  ajudou o Brasil a conquistar a primeira medalha de ouro olímpica de um esporte brasileiro, nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992.

Deixando o passado de lado, os dois lideram suas equipes na estreia dos clubes na Superliga da temporada 2015. Para Talmo, a competição será marcada pelo equilíbrio.

- A Superliga é uma competição muito forte e, como nos anos anteriores, será muito equilibrada. Estamos nos preparando, trabalhando duro e buscando o equilíbrio do nosso grupo para conseguir um resultado melhor do que no ano passado. Sempre trabalhamos com o objetivo de chegar às finais e conquistar títulos - disse o treinador do Sesi.

Pelo lado da equipe do ABC paulista , William comentou sobre a oportunidade de trabalhar com um grupo jovem.

- É muito gratificante trabalhar com jovens. Já conhecíamos a maioria das jogadoras e trabalhar com o feminino é sempre muito recompensador. A atleta jovem busca tudo, briga por posição, o que você pedir ela faz. Elas não têm limites, estão buscando seu espaço. Tenho certeza que teremos um grande resultado nesta temporada - concluiu o treinador.