Ágatha e Bárbara Seixas

Ágatha e Bárbara passaram pelas russas (Foto: Matheus Vidal/CBV)

RADAR/LANCE!
27/02/2016
10:12
Maceió (AL)

A participação brasileira no torneio feminino do Open de Maceió, válido pelo Circuito Mundial de vôlei de praia, ficou restrita a duas duplas. Nesta sexta-feira, apenas Ágatha/Bárbara Seixas e Duda/Elize Maia conseguiram superar as rivais e seguir na competição. Ângela/Rachel, Maria Elisa/Lili, Juliana/Taiana e Larissa/Talita deram adeus ao campeonato nas quartas de final.

A primeira dupla feminina a entrar em ação no terceiro dia de torneio foi Ângela/Rachel, que bateu Kessy/Day por 2 sets a 0 (21/19 e 21/15), em 41 minutos. Mais tarde, nas oitavas de final, o duelo foi caseiro com Duda/Elize Maia. A parceria da sergipana com a capixaba foi superior e levou a melhor em dois sets (21/11 e 21/19), em 32 minutos.

- A Elize me ajudou bastante hoje (sexta). Fizemos um primeiro set perfeito, mas no segundo elas abriram. Conseguimos manter a calma. Nossa concentração está muito forte aqui. Não fizemos um bom torneio em Natal e isso serviu de experiência. Vamos estudar agora as adversárias no próximo jogo e temos que entrar para fazer o nosso melhor. Um dia chega a nossa hora - contou Duda. Nas quartas as adversárias serão as italianas Marta Menegatti e Viktoria Orsi Toth.

As campeãs mundiais Ágatha e Bárbara Seixas tiveram que decidir o jogo no tie break contra as russas Ukolova e Birlova (21/8, 20/22 e 15/13), em 53 minutos. A paciência foi um fator determinante na vitória, após dois sets bem distintos.

- Nos momentos difíceis temos que ter lucidez e se apegar à tática. Tudo que a gente faz é baseado em estudos e não é à toa. Nosso time funciona jogando com muita alegria e muita energia. Em momentos difíceis temos que nos ajudar. Fornecendo informação uma para outra é uma forma de ajuda. A paciência hoje foi importante, a Ágatha estava um pouco impaciente em relação ao bloqueio dela, e eu com a minha virada de bola, mas no final a gente sempre se ajeita e dá certo - explicou Bárbara Seixas. Na próxima rodada o confronto será contra Holtwick/Semmler (ALE).

As demais duplas do Brasil que passaram direto às oitavas no dia anterior não tiveram a mesma sorte. Larissa/Talita sofreu o revés para Borger/Büthe (ALE) por 2 sets a 1 (23/21, 21/15 e 15/11), em 49 minutos. Juliana/Taiana foram superadas por Menegatti/Orsi Toth (ITA) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/16), em 43 minutos. Já Maria Elisa/Lili não conseguiram passar pelas campeãs pan-americanas Ana Gallay e Georgina Klug, da Argentina, que fizeram 2 sets a 1 (21/19, 19/21 e 15/9), em 51 minutos.