Victor Ramos

'A FBF não espera outra posição do STJD a não ser o arquivamento imediato do caso' (Foto: Divulgação / EC Vitória)

RADAR / LANCE!
07/12/2016
11:03
Salvador (BA)

O imbróglio em torno do pedido do Internacional para que o Vitória seja punido pela escalação irregular de Victor Ramos ganhou um novo desdobramento na manhã desta quarta-feira. Em nota, a Federação Baiana de Futebol (FBF) defendeu o Leão da Barra e afirmou que o STJD tirar os pontos do clube seria uma forma de prejudicar o Campeonato Brasileiro de 2017:

"A FBF não espera outra posição do STJD a não ser o arquivamento imediato do caso. Qualquer medida contrária a essa linha, que segue a lei desportiva, o Campeonato Brasileiro 2017 será prejudicado e pode não acontecer".

A entidade ainda recordou que a escalação de Victor Ramos já rendera uma polêmica no Campeonato Baiano, por uma suposta escalação irregular no jogo contra o Flamengo de Guanambi. Porém, à época, o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, descartou qualquer irregularidade.

O Internacional questiona no STJD uma suposta "má-fé" do Vitória na maneira como houve a transferência do defensor. Os direitos de Victor Ramos são pertencentes ao Monterrey-MEX, mas sua ida para o clube baiano ocorreu após o fim de seu empréstimo ao Palmeiras.


LEIA NA ÍNTEGRA A NOTA OFICIAL DA FBF


Em meio ao noticiário recente do “Caso Victor Ramos”, a Federação Bahiana de Futebol (FBF), por meio de seu presidente, Ednaldo Rodrigues, posiciona-se de modo contrário ao ingresso do Sport Club Internacional no STJD pedindo a retirada dos pontos do Esporte Clube Vitória nas partidas em que utilizou o zagueiro Victor Ramos.

A Federação afirma que a condição regular do atleta foi dada pela CBF. A FBF consultou a entidade máxima do futebol nacional ainda no Campeonato Baiano de 2016. Com a sinalização positiva da Diretoria de Registro e Transferência, Victor Ramos foi liberado para atuar no Estadual. Logo depois, atuou nas demais competições da temporada de forma regular e sem nenhum tipo de problema: Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

A FBF não espera outra posição do STJD a não ser o arquivamento imediato do caso. Qualquer medida contrária a essa linha, que segue a lei desportiva, o Campeonato Brasileiro 2017 será prejudicado e pode não acontecer.

O posicionamento da Federação não foi tomado apenas por ser o Vitória o pivô da situação. A FBF registra que se posicionaria a favor de qualquer filiado que estivesse ameaçado de exercer seu direito de competir.