Alex Teixeira

Alex Teixeira visitou São Januário na estreia do Carioca (Foto: Carlos Gregório Júnior/Vasco.com.br)

Matheus Babo
05/02/2016
15:03
Rio de Janeiro (RJ)

A venda do atacante Alex Teixeira, do Shakhtar Donetsk (UCR), para o o Jiangsu Suning, da China, por 50 milhões de euros (R$ 218 milhões de reais) vai ajudar ao Vasco. É isso mesmo. O Cruz-Maltino tem direito a 3,5% da quantia total da transferência por conta do mecanismo de solidariedade da Fifa. Isto porque o Vasco é o clube formador de Alex Teixeira.

Existem algumas explicações para o cálculo deste valor. Segundo o mecanismo da Fifa, a idade de formação vai de 12 aos 23 anos de idade. Quanto mais tempo o jogador passa no clube neste período, mais direito o clube tem. Por exemplo, dos 12 até o 15 anos, o clube recebe 0,25% do total. De 16 aos 23, 0,5%. Como chegou ao Vasco aos 12 anos e foi vendido quando tinha 20, o clube tem direito a 3,5%.

Como foi vendido por R$ 218 milhões, o Vasco terá direito a R$ 7,6 milhões de acordo com a cotação atual. No entanto, o dinheiro só cairá na conta do cruz-maltino quando o Jiangsu Suning efetuar o pagamento. Agora, cabe ao Vasco aguardar o Passaporte Desportivo, documento em que consta todos os períodos e os respectivos clubes em que o jogador foi inscrito desde que completou 12 anos de idade.