Matheus Babo 
05/03/2016
20:33
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco nem precisou fazer muita força para derrotar o Bonsucesso neste sábado, por 3 a 1, no Los Larios, em Xerém. O duelo era um autêntico Davi contra Golias. Só que diferente da história bíblica, desta vez o gigante venceu sem maiores problemas do pequeno adversário.

Dono da pior campanha do estadual, Davi (Bonsucesso) já entrou em campo sendo golpeado com força por Golias (Vasco). Logo no primeiro avanço ao ataque, os cruz-maltinos abriram o placar. Julio Cesar abriu bem pela esquerda e cruzou para o centro da área, Thalles – que vive grande fase – já dominou girando e bateu forte com a perna direita para marcar.


O golpe foi duro para o Davi da noite. O palco do confronto também não tinha muitos torcedores e a reação demorou para acontecer. Golias não tinha nada a ver com isso e querendo terminar com a melhor campanha desta primeira fase do Campeonato Carioca (para isso o Botafogo não pode vencer o Boavista hoje, em São Januário), foi pra cima e alegrou seu torcedor.

O segundo gol da partida foi uma pintura. Marcelo Mattos lançou Thalles, que deu belo passe com o peito para Nenê. O camisa 10 arrancou até a área e quando ficou cara a cara com o goleiro, deu apenas um toque sutil para golpear o Bonsucesso pela segunda vez.

Mesmo bem fraco, Davi não desistiu. Após o descanso do intervalo, voltou indo pra cima do Golias e conseguiu um golpe forte logo no primeiro minuto da segunda etapa. Matheus Pimenta aproveitou uma falha da defesa vascaína e conseguiu bater Martin Silva.

Depois disso, o Golias vascaíno teve tranquilidade para matar a luta. O Bonsucesso, Davi da noite, não tinha mais forças e levou o golpe final novamente com Thalles.

Agora, o Vasco segue para a briga com outros gigantes, na Taça Guanabara. Enquanto isso, o Bonsucesso vai lutar contra o rebaixamento, no octagonal que junta as oito piores campanhas.

FICHA TÉCNICA
BONSUCESSO 1 X 3 VASCO


​Local: Los Larios, em Duque de Caxias (RJ)
Data/Hora: 5/3/2016, às 18h30
Árbitro: Diego da Silva Lourenço
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Wallace Muller Barros
Cartões amarelos: Rossales (BON)
Renda/Público: R$ 28.160,00 / 1.191 pagantes
Gols: Thalles (3'/1ºT); Nenê (31'/2ºT); Matheus Pimenta (1'/2ºT); Thalles (35'/2ºT)

VASCO: Martin Silva, Madson, Jomar, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos e Nenê (Evander - 40'/2ºT); Eder Luis (Yago Pikachu - Intervalo), Jorge Henrique (Caio Monteiro - 23'/2ºT) e Thalles - Técnico: Jorginho

BONSUCESSO: Léo, Rossales, Gustavo Rambo, Anderson e Thiaguinho; Dieguinho (Julio Cesar Pit - 43'/2ºT), Julinho, Breno (Renan - 26'/2ºT) e Marco Júnior; Matheus Salgado (Geovani - 26'/2ºT) e Matheus Pimenta - Técnico: Mário Marques