David Nascimento
04/11/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

William quer ficar no Vasco em 2017 e o clube deseja mantê-lo. Para isso, diretoria de São Januário vem conversando com o Madureira, que detém os direitos do volante. Presidente do time de Conselheiro Galvão, Elias Duba afirmou ao LANCE! que não criará obstáculos para que a continuidade. A amizade do mandatário com Eurico Miranda, presidente vascaíno, influencia na tomada na decisão. Tudo dependerá do que a diretoria em São Januário decidirá fazer caso queira seguir, via empréstimo ou compra.

- O Madureira não criará nenhum tipo de obstáculo para que o Vasco faça o que decidam fazer sobre a continuidade de William. Temos uma amizade muito grande com eles e o consenso será levado em consideração para a definição do caso - destacou Duba em contato com a reportagem.

O mais provável é que o Vasco adquira os direitos de William. A possibilidade de um novo empréstimo não está sendo ventilada nas conversas entre as partes pelo potencial de investimento e a um baixo custo do volante que ainda está no início de carreira. O atual contrato de empréstimo do Madureira para o Vasco com William é válido até o fim 

Recentemente, inclusive, o técnico Jorginho rasgou elogios ao volante William. Após ele ter recuperado a posição de titular no lugar de Diguinho, até então vaiado pelos torcedores, o jovem de 24 anos vem aumentando de produção e sendo efetivo em campo.

- É um cão de guarda. Dá uma consistência muito grande à frente da nossa zaga. Tem trabalhado nos passes, no domínio, coisas que provavelmente não teve quando amador, são deficiências que tem que corrigir. Mas é um jogador fantástico - elogiou o comandante.

Com William, o Vasco treina nesta sexta-feira pela manhã, em São Januário, e na sequência viaja para Pelotas, local da partida deste sábado contra o Brasil, pela Série B do Campeonato Brasileiro.