HOME - América-RJ x Vasco - Campeonato Carioca - Voleio de Riascos (Foto: Wagner Meier/LANCE!Press)

Riascos vem se destacando no ataque do Vasco nesta temporada (Foto: Wagner Meier/LANCE!Press)

LANCE!
10/02/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

O setor ofensivo do Vasco em 2016 está seguindo a batida desejada pela diretoria, técnico e torcedor. Em dois jogos já disputados, o time fez sete gols, exatamente 25% do total marcado no Brasileiro de 2015 (28 gols em 38 partidas). Nesta quarta-feira, às 19h30, contra o Volta Redonda, em São Januário, com transmissão em tempo real pelo LANCE!, o Vasco tem a missão de continuar seguindo a batida para manter o embalo na temporada.

Dos sete gols já marcados, Riascos fez três e se configura como peça fundamental do ataque, diferente do que podia ser visto no ano passado. Ao comentar o que mudou de um ano para o outro, o colombiano destacou a importância de ter realizado neste 2016 o trabalho de pré-temporada na cidade de Pinheiral, no sul do Rio de Janeiro, completamente.

– Primeiro é não desistir, sempre trabalhar forte. Ano passado não fiz a pré-temporada completa. Agora comecei do zero, fiz todo o trabalho, e o grupo também tem me ajudado muito. Ano passado foram sete gols. Acho que todo jogador passa por um momento ruim, passei por ele, sabia que estava em uma fase ruim, não dava nada certo, mas a persistência, o trabalho, estar sempre perto de Deus, tudo isso ajuda muito – disse.

Responsável por fazer o Vasco seguir a batida nestes primeiros jogos de 2016, o técnico Jorginho salientou a recuperação da confiança para que o time tenha voltado a fazer gols. O comandante de São Januário confessou ainda que não podia acreditar que seus comandados não possuíam função ofensiva durante os jogos.

– Recuperamos a confiança do atleta, do clube, dos jogadores. Quando não se tem essa confiança, o time não arrisca. Esse ano tivemos um tempo legal para trabalhar. Não posso acreditar que a minha equipe não tinha função ofensiva. Essa movimentação dos meus atacantes está me animando muito. Isso tem me agradado. É a construção de um trabalho de uma grande equipe. Por isso está saindo os gols – destacou.

Se manter o ritmo das duas vitórias no Carioca – diante do Madureira e do América –, o Vasco não terá dificuldade de passar pelo Volta Redonda nesta quarta-feira. E domingo, irá mais forte para o clássico com o Flamengo.