Vasco x U. De Chile

Zé Ricardo afirmou que virose dos jogadores não é desculpa pela derrota (Thiago Ribeiro/AGIF)

LANCE!
14/03/2018
00:50
Rio de Janeiro (RJ)

Após a derrota por 1 a 0 para a Universidad de Chile, na estreia do Vasco na fase de grupos da Libertadores, o técnico Zé Ricardo lamentou o resultado e avaliou que o adversário chegou ao gol da vitória em uma falha isolada do sistema defensivo cruz-maltino.

Arao fez o gol da La U aos 34 minutos do segundo tempo, após uma cobrança de lateral em que Paulão errou e, depois da finalização, a bola passou entre o braço e a perna do goleiro Martin Silva.

- Foi um resultado que não esperávamos. A expectativa era grande por essa estreia. Tivemos (pela frente) uma equipe bem arrumada e experiente, que teve momentos melhores que a gente. Tivemos alguns momentos. Houve uma falha, até certo ponto, em momento isolado, em uma bola na lateral. Antes (do gol), tivemos uma chance com o Rildo - disse ele, lembrando a virose que alguns jogadores do Vasco pegaram durante a semana e explicando a substituição de Wagner por Paulinho, no intervalo:

- O que aconteceu antes do jogo com nossos atletas, não é desculpa. Wagner sentiu febre no intervalo. Jogo muito estudado, truncado. La U aproveitou um momento isolado.

Para o zagueiro Erazo, o gol do time chileno saiu em um momento estratégico da partida, o que acabou 'desanimando' a equipe de São Januário.

- Na verdade, nem a La U esperava fazer o gol. Antes daquele lance, o Rildo tinha chegado até a área rival, deu um susto no adversário. (No lance do gol) A bola pegou no chão e, de alguma forma, atrapalhou. Ele chutou incomodado, mas a bola entrou. Estávamos partindo para cima para achar o gol, mas o gol da La U foi estratégico para eles. Não estavam indo para cima e encontraram o gol. Deu uma desanimada na gente - afirmou.

placeholder