Nenê

Nenê (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Matheus Babo
08/03/2016
10:00
Rio de Janeiro (RJ)

Principal jogador do atual elenco vascaíno, o meia Nenê é também o grande exemplo para esses meninos que chegaram recentamente ao profissional. Ciente de que esta transição não é fácil, o camisa 10 foi citado por Jorginho após o treinador acompanhar uma partida do Sub-20 e lembrar o quanto o relacionamento de Evander com os profissionais vem sendo importante.

Jorginho ressaltou que o estilo de jogo de Nenê, que volta para recompor e não abaixa a cabeça após perder a bola, ajudou a Evander, que é considerado a principal promessa da base cruz-maltina. O treinador disse que em jogos de 2015, Evander desistia fácil das jogadas, mas após a convivência com Nenê, mudou de postura. E isso agradou bastante o camisa 10.


- Eu fico feliz de estar sendo essa referência e nós mais velhos temos que mostrar o que nós e eles podem fazer. Não importa a idade. Isso tem que estar na cabeça. Ter a mentalidade boa. Ele citou isso porque eu perco a bola e volto sempre, na Europa tem muito isso. Aqui não é assim. O Evander observou. Nesse sentido, é muito importante, ele está demonstrando que está ouvindo o Jorginho, ajudar o grupo. Isso é bom e serve de exemplo para todos. Creio que todos os jogadores mais jovens, o Indio eu já vi um crescimento muito grande, o Pet eu nem falo porque já está com a gente desde o ano passado - explica.

Em grande fase, Nenê já marcou cinco vezes nos sete jogos que participou nesta temporada.