Vasco x Goiás

William celebra gol do Vasco ao lado de Andrezinho e Nenê(Foto: Celso Pupo/Fotoarena/LANCE!Press)

LANCE!
06/06/2016
08:25
Rio de Janeiro (RJ)

Aos que não acompanham o Vasco de perto, a pergunta tem sido quase uma constante: "Esse William, quem é?". O volante chegou a São Januário sem muita
pompa, após destacar-se no Carioca, pelo Madureira. Porém, nas chances que recebeu de Jorginho, chamou atenção e mostrou o brilho que passou longe na apresentação.

Brilho esse que também se mostra presente nos olhos de Jorginho ao citar o volante. "Sem medo" foi uma das características citadas pelo treinador, que ressaltou a humildade de William. Na trilha profissional, o jogador mostrou que 85 quilômetros podem não ser absolutamente nada se for essa a distância necessária para manter viva a possibilidade de realizar um sonho. Até pouco tempo, essa era a distância que ele percorria para chegar aos treinos em São Januário. Morador de Paracambi, região metropolitana do Rio de Janeiro, William ia de trem para São Cristóvão, quase que na contramão do futebol moderno, onde o status fora das quatro linhas, muitas vezes, é o foco principal.

O treinador se mostrou feliz também com o reconhecimento que a torcida deu a William durante a vitória vascaína sobre o Goiás, quando ele teve o nome gritado na arquibancada de São Januário.

– É um jogador que nós observamos no Carioca e vimos que tem potencial. É diferente jogar no Madureira e no Vasco, mas ele acreditou no potencial dele. Não tem medo, vai para cima, é forte na marcação... Torcida gosta desse tipo de jogador. Foi muito bom ver a torcida gritar o nome dele. Ele é um rapaz que mora em Paracambi, vinha de trem para o treino. A maioria dos atletas vêm de condições adversas e é bom poder contribuir para o crescimento dele - disse o comandante, que ainda ressaltou a união do atual elenco:

– O grupo abraçou e é legal fazer parte de um grupo que está mudando a história dele. Mas claro que tem um caminho longo a percorrer, tem excelentes concorrentes na posição.

William, aos poucos, vem ganhando a confiança da torcida e da comissão técnica para, quem sabe, em breve ser uma das principais peças do Trem... Bala da Colina!