David Nascimento
19/09/2017
14:50
Rio de Janeiro (RJ)

Na polêmica do fim de semana passado no Campeonato Brasileiro, o lateral-esquerdo Ramon, do Vasco, esteve envolvido. Após o gol de braço de Jô, pelo Corinthians, ele foi flagrado pelas câmeras de televisão conversando com o atacante da equipe paulista. Em entrevista coletiva após o treino no início da tarde desta terça-feira, Ramon explicou a situação e não o culpou.

- Quem sou eu para julgar alguém? No calor do jogo, os lances são rápidos... A bola bateu na mão. Mas não executo o Jô. Tocou na mão, no momento ele pode não ter sentido. Não é o Jô que tem que falar que não foi gol. Imagina se acontecesse isso comigo aqui no Vasco? Arbitragem é responsável por esses pontos, eles são os responsáveis - afirmou antes de completar:

- Eu perguntei ao Jô na hora que tocou na mão. Aí ele fez o movimento do peito. Na hora foi rápido e deve ter achado isso. Logo em seguida o Fabio (Carille, técnico do Corinthians) me perguntou se bateu na mão e eu falei que achava que tinha batido. Ele fez cara de negativo, também estava em dúvida. O vigia estava a um metro. Falaram que ele devia ter visão de raio x. Mas era uma trave. Não era complicado de se ver.

Ramon ainda aprovou a utilização do árbitro de vídeo a partir da próxima rodada do Campeonato Brasileiro, em determinação da Confederação Brasileira de Futebol.

- Vi que agora terá o árbitro de vídeo e acho muito válido, pois as coisas precisam acontecer de uma forma justa. Se foi gol inválido, tem que voltar atrás. Um pênalti mal marcado, da mesma forma. Hoje o futebol está em um alto nivel, se decide em pequenos detalhes, e esses pequenos detalhes tiram pontos - comentou o lateral-esquerdo do Vasco para completar:

- Em uma partida que estávamos se portando muito bem, ficamos tristes, chateados, nos matamos aqui a semana inteira, nos preparando para jogar lá contra o líder do campeonato, o que é muito difícil. Fizemos um bom jogo, mas foi decidido numa bola duvidosa. Foi chato, ficamos tristes com isso - finalizou.

Os jogadores do Vasco voltam a treinar na manhã desta quarta-feira em São Januário.