rafael vaz - vasco

Com suspensão de Luan, Vaz deve continuar como titular no domingo (Foto:Paulo Fernandes/Vasco.com)

Vinícius Britto
25/11/2015
19:10
Rio de Janeiro (RJ)

Com a suspensão de Rodrigo, expulso contra o Corinthians, ele ganhou a vaga em Joinville. Agora com Luan de fora pelo terceiro cartão amarelo, Rafael Vaz deve continuar entre os titulares para o jogo decisivo contra o Santos, no próximo domingo, em São Januário.

Para escapar do rebaixamento, o Cruz-Maltino não depende mais só dele. Figueirense e Coritiba precisam perder pontos para o Vasco conseguir permanecer na Série A. Apesar disso, Vaz preferiu lembrar que, mesmo com se os resultados forem a favor, de nada adiantará se o Cruz-Maltino não fizer sua parte.

- Nós sabemos que, se não fizermos nossa parte, não vai adiantar de nada a combinação de resultados favoráveis. Estamos focados em fazer nossa parte. Nossa responsabilidade é com a vitória. Claro que vamos secar. Difícil falar que não. Mas precisamos fazer nossa parte. Vencer o Santos, conquistar os três pontos e depois pensar nos outros - destacou Rafael Vaz.

Depois da dupla com Luan, Vaz deve compor a zaga com Rodrigo na partida de domingo. Quando perguntado sobre com quem prefere jogar junto (Rodrigo ou Luan), ele foi sucinto.

- Não tem essa. Meu estilo de jogo se encaixa é com o Vasco. Se eu tiver que jogar com qualquer um, até da base, irei. É o que importa.

O treino desta quarta-feira foi fechado para a imprensa na Colina Histórica. Desta forma, Jorginho segue escondendo o jogo para a partida decisiva contra o Santos. Se tudo ocorrer bem durante a semana, ele deve repetir o time que venceu o Joinville em Santa Catarina, com a saída de Luan e a entrada do Rodrigo, que não jogou, suspenso.