Hugo Mirandela
28/10/2017
22:08
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco acabou ficando no empate sem gols com o Flamengo no Maracanã e perdeu mais uma chance de entrar no G7 do Brasileirão. No entanto, o técnico Zé Ricardo achou o resultado justo por tudo que aconteceu na partida. Principalmente porque o Vasco teve que ficar com um a menos no fim da partida, já que Ramon se machucou e o Cruz-Maltino já tinha feito as três substituições.

O Flamengo ficou mais com a bola. A gente tentou bloquear as laterais. Tivemos uma oportunidade com Madson que o Rhodolfo travou, um contra-ataque que o Nenê não viu a subida do Madson e depois um chute na trave. O Flamengo também teve algumas, com Arão e Vizeu. No geral, acho que o empate foi justo, pelo o que foi o jogo, ainda o fato de termos terminado com um a menos. O resultado foi de bom tamanho - analisou Zé Ricardo, em coletiva após o jogo, deixando claro que o Vasco entrou com o objetivo de vencer.

- A gente veio com uma estratégia de buscar a vitória. Sabia que o Flamengo ia ter mais posse de bola, pelo tempo que estão juntos, pelos atletas que tem. A gente sabia que ia ter dificuldade de ter a bola. Executamos uma inversão de Wellington com Jean, para pegar a infiltração do Arão. Deixamos o Nenê flutuando, jogadores abertos para ter profundidade - completou.

O treinador cruz-maltino interrompeu a coletiva duas vezes para abraçar Réver e Juan na sala de imprensa. Zé disse que seu trabalho é baseado em respeito e por isso o carinho dos antigos jogadores. Ele conta que está criando o mesmo ambiente no Vasco.

- Tenho amigos no futebol, muitos dos meus amigos de hoje. Acredito muito num trabalho baseado em respeito. Esse grupo do Flamengo é assim, tem caráter. Não costumo falar com nenhum deles diariamente, mas hoje o fato de a gente se reencontrar mostra o carinho. Estamos criando o mesmo ambiente no Vasco, conquistando os resultados. Essa cumplicidade é fundamental.