David Nascimento
06/02/2017
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

A temporada de 2016 do Vasco teve como uma das principais críticas a média de idade elevada do time titular, que girava os 30 anos. Uma das promessas para este 2017 foi a diminuição desta estatística. E isso já foi visto na virada sobre o Resende, no último domingo. Os vascaínos que iniciaram a partida fizeram a equipe ficar com uma média de 26,18 anos. 

Este trabalho vem sendo comemorado por Cristovão Borges, apesar do próprio treinador destacar que é um ponto do planejamento que não o preocupa diretamente. Em entrevista coletiva após a última partida, o comandante do Vasco ressaltou o desejo de que todos os jogadores fiquem bem e que serão escalados os que no momento se encaixem para dar o melhor para a equipe. O planejamento, assim, vem sendo cumprido.

- Não é algo que preocupa e que olhe diretamente. Quero dos jogadores que naquele momento podem dar o que eu desejo para a equipe. E por coincidência, algum jogadores que tiveram a oportunidade neste começo de temporada, nos Estados Unidos, souberam aproveitar e por isso são mantidos. Mas olhando isso, a contribuição que se pode dar - afirmou o treinador.

O Vasco volta a treinar na manhã desta segunda-feira, em São Januário. A próxima partida não será válida pelo Campeonato Carioca. Na quarta-feira à tarde, a delegação vascaína embarca para o Rio Grande do Norte, local da estreia na Copa do Brasil, quinta-feira, diante do Santos-AP.