RADAR/LANCE!
15/10/2016
18:26
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco perdeu pela quarta vez como mandante na Série B do Campeonato Brasileiro. Em uma bela atuação do centroavante Zé Carlos, autor de dois gols, os comandados de Jorginho foram derrotados pelo CRB por 2 a 1, neste sábado (15), em partida válida pela 31ª rodada, no estádio São Januário. Éderson descontou nos minutos finais.

Com o resultado obtido neste fim de semana, no Rio de Janeiro, o Cruzmaltino termina a rodada com 54 pontos, na vice-liderança, quatro a menos que o Atlético-GO, líder da competição nacional. Os cariocas estão seis à frente do Náutico, quinto colocado. Os alagoanos, por outro lado, chegam à sétima posição, com 46 pontos. A equipe de Mazola Júnior tem chances de classificação para a Série A 2017. O Bahia, quarto colocado, contabiliza 49.


O Vasco criou os melhores lances pelo lado esquerdo do ataque. As tabelas entre Nenê, Júlio César e Éderson foram suficientes para a equipe levar perigo ao gol de Juliano. O meia-atacante, na primeira oportunidade recebeu passe do atacante e finalizou de fora da área. Na sequência, foi a vez de ele deixar Thalles em condições de marcar. O centroavante, contudo, não conseguiu balançar a rede.

Bem armado defensivamente, o visitante limitou-se aos lances de contragolpe. E foi assim que a equipe comandada por Mazola Júnior balançou a rede. Zé Carlos recebeu passe perfeito de Marcos Martins, dominou na entrada da área e bateu no cantinho de Martin Silva. O segundo gol visitante saiu em outro lance do gênero. Gerson Magrão armou jogada rápida pelo lado esquerdo do ataque e deixou o centroavante em ótima condição de marcar.

Jorginho efetuou mudanças na volta do intervalo. Com 20 minutos, o técnico já havia feito três modificações. Yago Pikachu e Júnior Dutra foram acionados para as vagas de Thalles e Fellype Gabriel no intervalo. Alan Cardoso substituiu Júlio César aos 20 da etapa complementar. A entrada do trio, contudo, não modificou a forma de jogar do mandante. Refém dos cruzamentos, o Vasco teve dificuldade para colocar a bola na cabeça de Éderson.

Nos minutos finais da etapa complementar, a torcida passou a protestar contra o futebol apresentado pela equipe da casa. Insatisfeitos, os vascaínos passaram a chamar o time comandado por Jorginho de “sem vergonha”.  Eurico Miranda, presidente do clube, foi bastante xingado pelo público presente.

Ainda mais recuado, o CRB só atacou por meio de contragolpes. Zé Carlos teve mais duas boas chances de balançar a rede pelo menos. Contudo, foi parado pelo goleiro do time carioca. Não é à toa que Martin Silva foi o principal nome do mandante no duelo.

O gol do Vasco só saiu nos minutos finais da etapa complementar. Éderson aproveitou desvio de Madson após escanteio cobrado por Nenê e balançou a rede de Juliano, em um gol típico de um centroavante.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 2 CRB

Local
: estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-hora: 15/10/2016 - às 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Felipe Duarte Varejão (ES)
Assistentes: Vanderson Antonio Zanotti (ES) e Ramires Santos Cândido (ES)
Cartão amarelo: Madson (Vasco); Glaydson Almeida, Zé Carlos, Gerson Magrão, Diego (CRB)

GOLS: Zé Carlos - 37'/1ºT (0-1); Zé Carlos - 48'/1ºT (0-2); Éderson - 48'/2ºT (1-2)

VASCO: Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Júlio César (Alan Cardoso – 20’/2ºT); Diguinho, Fellype Gabriel (Júnior Dutra – Intervalo), Andrezinho e Nenê; Éderson e Thalles (Yago Pikachu – Intervalo). Técnico: Jorginho.

CRB: Juliano; Marcos Martins, Adalberto, Gabriel e Peri (Roger Gaúcho – 34’/2ºT); Glaydson Almeida, Matheus Galdezani, Diego e Gerson Magrão; Luidy (Bocão – 22’/2ºT) e Zé Carlos (Neto Baiano – 38’/2ºT). Técnico: Mazola Júnior.