David Nascimento
22/08/2016
14:13
Rio de Janeiro (RJ)

Ao entrar na sala de imprensa de São Januário no início da tarde desta segunda-feira, Luan estava com um sorriso largo no rosto. O zagueiro, campeão dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro no sábado, vencendo a Alemanha nos pênaltis com o Brasil, não desgrudava da medalha de ouro. Aos 23 anos, a cria das categorias de base do Vasco não escondia a alegria em viver a melhor fase da carreira e quer mais: beliscar a Copa do Brasil.

O Vasco, na quarta-feira, enfrenta o Santos pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil. E Luan, titular da zaga vascaína ao lado de Rodrigo há mais de dois anos, sabe da sua responsabilidade em contribuir para que o time consiga a vaga na Copa Libertadores de 2017. Uma vantagem ele terá: conheceu durante o período olímpico com o Brasil nomes importantes do Santos, como Gabigol. Com dores na coxa esquerda, não tem certeza se terá condições de entrar em campo, mas trabalhará até o último minuto para tal.

- Quero muito jogar contra o Santos. Treinei muito lá na Seleção Brasileira. Senti umas dores semana passada, os exames não apontaram nada, mas voltei a sentir uns incômodos agora. Nesta segunda-feira fiz trabalhos na academia do Caprres neste meu retorno ao Vasco. Vamos ver como estarei até quarta-feira, está incomodando um pouco a dor ainda, mas farei de tudo para estar em campo na partida - afirmou Luan para completar:

- Eu vivo o melhor momento da minha carreira. Feliz em tudo. Vou dar a vida na Copa do Brasil para ver se conseguimos dar uma beliscada para chegarmos na Copa Libertadores. Não conhecia a rapaziada do Santos. São gente do bem, percebi isso durante o período dos Jogos Olímpicos. Será um grande jogo esta disputa por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil e que vença o melhor em campo.

Jorginho, em coletiva na sexta-feira passada, afirmou carregar expectativas para que Luan entre em campo diante do Santos. Afinal, o Vasco está para selar o retorno à elite do futebol brasileiro com antecedência, e a atenção do clube será praticamente na Copa do Brasil, torneio mata-mata que dá ao campeão a vaga na Copa Libertadores. Nesta terça-feira, os jogadores vascaínos voltam a treinar em São Januário. Com a medalha de ouro no peito, Luan quer seguir a caminhada no Vasco para a carreira deslanchar mais.