Vasco x Corinthians (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

Jorginho sabe que a missão do Cruz-Maltino é complicada na reta final (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

LANCE!
20/11/2015
11:00
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco esteve muito perto de uma vitória que poderia entrar na história do clube: com um a menos e sobre o campeão brasileiro. Mais precisamente, essa mistura de euforia com façanha durou dez minutos. O problema é que o gol de Vagner Love não só deu um banho de água congelada no Cruz-Maltino como tornou a permanência na Série A muito, mas muito difícil.

Para evitar o rebaixamento, o Vasco precisa de três vitórias nas últimas três rodadas, contra Joinville (fora), Santos (casa) e Coritiba (fora). Se não fizer isso, a situação fica praticamente irreversível. O Cruz-Maltino, aliás, pode ser rebaixado na próxima rodada, caso perca para o Joinville e o Avaí ganhe do Fluminense, no Maracanã.

De volta ao jogo desta quinta-feira, era evidente a dificuldade que o Vasco encontraria. Afinal de contas, o Corinthians não foi campeão com três rodadas de antecedência por acaso. E se a situação já era difícil, ficou ainda pior quando Rodrigo foi expulso de forma infantil. Ainda assim, o Cruz-Maltino conseguiu, de forma heroica, abrir o placar, mas não resistiu à pressão corintiana.

É bom também deixar claro que o “problema” não foi o jogo de ontem e nem tampouco será o resultado nas três próximas partidas. O Vasco foi ridículo nas 23 primeiras rodadas e, com a enorme evolução desde a 24, deu margem para o torcedor acreditar. Dessa vez, a rodada foi péssima (com vitória dos concorrentes), mas as anteriores foram ótimas e não aproveitou. Agora é vencer as três.