David Nascimento
09/07/2016
20:32
Rio de Janeiro (RJ)

No dia de estreia da nova camisa, o Vasco virou a maré com atuação ímpar de Luan e superou o Brasil na noite deste sábado, em São Januário. Vestindo o novo uniforme fabricado pela Umbro, o time comandado por Zinho (na vaga do suspenso Jorginho) voltou a ir bem depois de quatro derrotas em um mês e saiu com o 2 a 0. O resultado fez o Vasco abrir vantagem de dois pontos na liderança da Série B ao Atlético-GO, segundo lugar.


A noite em São Januário começou com a expectativa sobre a nova camisa. Em campo, o Vasco promoveu mudanças inesperadas, como as entradas de Henrique no meio de campo e Caio Monteiro no ataque. E não demorou muito para a torcida vascaína comemorar o primeiro gol. Logo aos nove, Thalles achou Nenê na grande área. O camisa 10 não teve muito trabalho para colocar o 1 a 0 a favor do Vasco.

Na frente, o Vasco diminuiu um pouco o ritmo acelerado dos minutos iniciais e deu espaços para o Brasil em alguns momentos. E foi aí que Luan começou a provar o merecimento de ter sido convocado para representar o Brasil no Rio 2016. Aos 21, Weldinho cruzou na linha de fundo, a bola ficou no bate-rebate e ía entrando no gol de Jordi. Até que Luan, em cima da linha, tirou com força para escanteio. A torcida comemorou como se fosse gol.

O jogo no segundo tempo ficou bem mais truncado, sem muitas oportunidades. E com confusões da arbitragem. como o pênalti marcado para o Vasco pelo árbitro Alisson Sidnei Furtado aos 18 minutos, mas o próprio voltou atrás dois minutos depois. Sobraram reclamações dos jogadores de ambos os lados.

Mas o dia reservava ainda um “segundo” gol para o Luan. Desta vez de verdade. Aos 26, o zagueiro do Vasco aproveitou um cruzamento certeiro para aparecer de surpresa e estufar as redes defendidas por Luiz Muller. Depois do 2 a 0, praticamente a bola ficou parada no meio de campo e a vitória foi confirmada para o Vasco. Em noite de Luan e camisa nova.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 0 BRASIL


Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 9/7/2016 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Auxiliares: Fabio Pereira (TO) e Natal da Silva Ramos Júnior (TO)
Renda/público: 4.162 presentes/3.477 pagantes/R$ 112.005,00
Cartões amarelos: Madson, Nenê, Marcelo Mattos, Andrezinho, Rodrigo (VAS) e Weldinho, Washington, Marlon (BRA)

GOLS: Nenê 9'/1ºT (1-0) e Luan 26'/2ºT (2-0)

VASCO: Jordi, Madson, Rodrigo, Luan e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Henrique (Yago Pikachu 25'/2ºT), Andrezinho (Diguinho 47'/2ºT) e Nenê; Caio Monteiro (William Oliveira 25'/2ºT) e Thalles. Técnico: Zinho.

BRASIL: Luiz Muller, Weldinho, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, Washington, Felipe Garcia e Diogo Oliveira (Nathan 34'/2ºT); Nem (Clébson 25'/2ºT) e Ramon (Nena 30'/2ºT). Técnico: Rogério Zimmermann.