Nenê - Joinville x Vasco

Nenê no jogo contra o Joinville (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

LANCE!
07/06/2016
23:59
Rio de Janeiro (RJ)

No final da vitória contra o Joinville, Nenê acabou recebendo o terceiro cartão amarelo por ter feito um gesto para a torcida, relatado pelo quarto árbitro Ronan Marques da Rosa ao árbitro principal Jailson Freitas como obsceno. Com isto, ele não pega o Atlético-GO no sábado. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Jorginho minimizou e disse não ter sido ofensivo. 

- Não vi o que aconteceu. Eu fiquei sabendo só é que ele fez um sinal de dois para a torcida. Paz e amor, não sei o que ele quis dizer. Qual é o problema disso? Não foi nenhum gesto ofensivo para o torcedor. O jogo estava muito pegado. Rapidamente o tiramos - afirmou o treinador.

Desta forma, o camisa 10 cruz-maltino irá desfalcar a equipe no jogo contra o Atlético-GO, no próximo sábado, que pode ficar marcado como a partida em que o Vasco irá igualar a maior série invicta da história do clube, que foi conquistada entre 1945 e 1946. Se o Cruz-Maltino não for derrotado, chegará a 35 jogos de invencibilidade, alcançando o seu maior feito invicto.

Sem Nenê, o time vive agora a expectativa de quem será o substituto do camisa 10. Será o segundo jogo que o meia não irá atuar na temporada. Anteriormente, ele já havia desfalcado o Vasco contra o Friburguense, pelo Campeonato Carioca.

Com 19 pontos e seis vitórias nos sete primeiros jogos da Série B, o Vasco é o líder isolado da competição. Atrás dele, vem o próprio Atlético-GO, adversário do próximo sábado, com 16 pontos ganhos até então.