Nene - Vasco

Nene durante jogo Vasco x Sport (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

LANCE!
21/01/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Manter Nenê para 2016 sempre foi tratado como a grande prioridade do Vasco. As conversas foram rápida, as reuniões não duraram muito e em uma delas, or e a identificação que o jogador conseguiu criar com a torcida pesou. Um dos grandes projetos do clube para a temporada é reativar o Sócio-Torcedor, fazendo com que este programa seja uma boa fonte de receitas para o Cruz-Maltino nos próximos anos. E Nenê é fundamental nesta ação, já que será o principal garoto-propaganda do clube.

- É uma coisa que o Vasco está priorizando e sendo correto. Todo torcedor deveria ser dono do clube também. Não importa a divisão, a torcida sempre está junto com a gente, é uma coisa que os clubes da Europa já tem há muito tempo e espero que seja uma coisa muito boa para o Vasco neste ano. Vou ajudar no que for preciso - disse o camisa 10.

O responsável por este projeto será o novo gerente de marketing do clube, Marcus Duarte, contratado no início do mês. Ele vem substituir Bernardo Pontes, que foi demitido ainda em dezembro. Duarte estava trabalhando na Consórcio que administra o Maracanã e chega para aumentar as receitas do Vasco neste setor, algo que vem fazendo muita diferença se for comparado com outros clubes. Em 2015, no Campeonato Brasileiro, o Vasco teve R$ 3 milhões em receita líquida com ingressos, contra R$ 21 milhões do Palmeiras, de torcida similar. Sete vezes menos.

Em seu trabalho no Maracanã, Marcus Duarte mudou a forma de trabalhar da venda de ingressos. O estádio passou a não contar mais com uma empresa terceirizada e tomou conta, ele mesmo, desta operação. A fiscalização contra fraudes cresceu e o cartão Maracanã foi criado, alinhando este trabalho com o sistema de Flamengo e Fluminense. Ainda não será deste vez que ele conseguirá fazer isso no Vasco, já que o clube tem contrato com a Futebol Card.

Marcus Duarte trabalhou no clube em 2007 e 2008, na última passagem de Eurico Miranda pelo clube. Flamenguista declarado, sua contratação criou uma polêmica nas redes sociais, mas foi bancada pela diretoria do clube.