Vinícius Faustini
01/10/2016
18:56
São Lourenço da Mata (PE)

O sonho do Vasco iniciar a série de "cinco vitórias para o acesso", almejado por Jorginho, terminou em muita frustração. Apresentando lentidão e fragilidade defensiva, o Cruz-Maltino não resistiu à vontade do Náutico e foi derrotado por 3 a 1, neste sábado, na Arena Pernambuco, com dois gols de Ronny e um de Bergson. Madson descontou para os cariocas. 

O resultado não tira o time na liderança da Série B, mas mantém dúvidas em São Januário. A atuação em marcha lenta e repleta de lançamentos voltou a aparecer, e o Vasco foi facilmente neutralizado por um Timbu com fôlego.
Logo de início, Rony e Bergson aproveitaram hesitações. Martin Silva espalmou batida fora da área de Vinícius. Porém, a superioridade foi refletida no placar aos 24.

Em contra-ataque, Rony passou como quis pelo lado esquerdo e bateu cruzado de fora da área, aos 24.  O Vasco só esboçou uma reação no fim do primeiro tempo, com Ederson e Nenê, e voltou do intervalo com Alan Cardoso no lugar de Jorge Henrique.

No entanto, logo aos dois minutos, os ânimos do Cruz-Maltino caíram por terra. Ronny apareceu livre e serviu Bergson, que não perdoou dentro da área. 

O Náutico passou a se postar nos contra-ataques, e o Vasco teve chances de avançar. Nenê e Thalles exigiram Júlio César. Após muito pressionar, a equipe de Jorginho chegou ao seu gol aos 38. Andrezinho fez lançamento preciso e achou Madson que, livre, escorou para as redes e fez seu primeiro gol pelo clube da Colina.

Porém, o lateral-direito (que fazia o centésimo jogo no clube), assim como a torcida do Vasco, não teve muito tempo para comemorar. Aos 47, Rony avançou novamente nas costas da marcação, superou o primeiro bloqueio de Martin Silva e estufou a rede para definir a vitória por 3 a 1.

Empurrado por sua torcida, o Náutico segue cada vez mais próximo do sonho do G4 da Série B. Já o Vasco desperdiçou mais uma vez a chance de se distanciar na liderança da competição, e continua a mostrar oscilações, especialmente nas suas atuações.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO 3 x 1 VASCO


Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).
Data/Horário: 1º de outubro de 2016, às 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP).
Auxiliares: Danilo Ricardo Simons Manis (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP).
Público/renda: 14.648 pagantes / R$ 287.700,00
Cartões amarelos: Mateus Muller e Rafael Pereira (Náutico); Éderson e Nenê (Vasco).
Cartões Vermelhos: -
Gols: Rony aos 23'/1ºT (1-0); Bergson aos 2'/2ºT (2-0); Madson aos 38'/2ºT (2-1); Rony aos 47'/2ºT (3-1) 

NÁUTICO: Julio Cesar; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Mateus Muller; João Ananias, Rodrigo Souza, Marco Antônio (Negretti, 18'/2T)) e Vinícius (Renan Oliveira, 31';2T); Rony e Bergson (Yuri Mamute, 36'/2T). Técnico: Givanildo Oliveira.

VASCO: Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Júlio Cesar (Eder Luís); Douglas, Julio dos Santos (Thalles), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Alan Cardoso) e Éderson. Técnico: Jorginho.