David Nascimento e Fellipe Lucena
27/12/2016
21:09
Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP)

O Vasco segue se movimentando, principalmente no mercado de fora do Brasil, na busca dos reforços para a equipe de olho na próxima temporada. Até agora, anunciou somente o meia argentino Escudero - contrato de dois anos, ainda não assinado, como o presente de Natal prometido pelo presidente Eurico Miranda -, e mira em mais um nome hermano. Trata-se do atacante Pablo Mouche, de 29 anos, que pertence ao Palmeiras - vínculo até o meio de 2019.

Mouche, atualmente, está emprestado pelo Palmeiras ao Estrela Vermelha, da Sérvia, até a metade de 2017. Entretanto, o jogador quer retornar para o Brasil e voltar a deslanchar no futebol. O contrato com o Vasco seria de empréstimo e o nome, inicialmente, agradou ao técnico Cristovão Borges. O que dificulta neste primeiro momento são os vencimentos - o atacante recebe em dólar. Um equacionamento pode ser feito entre as partes, mas não até o fim do ano.

Contratado em 2014, Mouche não conseguiu se firmar no Palmeiras. Em 2015, passou cinco meses em recuperação de uma cirurgia no joelho e depois não conseguiu espaço. No primeiro semestre deste ano, atuou por empréstimo pelo Lanús e foi campeão argentino. O atacante foi revelado pelo Boca Juniors e já defendeu a seleção da Argentina - onde em cinco jogos fez dois gols.

Os direitos de Mouche pertencem a Paulo Nobre, que usou recursos próprios para pagar R$ 11 milhões na operação que o trouxe ao Palmeiras. O dirigente só vai recuperar o dinheiro se conseguir vender o atleta. Se o valor for igual ao investido, Nobre fica com 100%. O lucro, se houver, é do clube paulista, que não dificultaria a negociação pelo fato de Mouche não ser aproveitado.

Vale lembrar que o setor do ataque é o que o Vasco mais está atento na busca de reforços para 2017 - principais nomes do elenco no setor em 2016 não seguem nos planos do clube, como Jorge Henrique, Junior Dutra e Éderson. A cúpula de futebol de São Januário segue dialogando com Luis Fabiano e Kelvin por entendimentos. Vale citar também que a ideia inicial da diretoria era a de ter o elenco fechado em 2 de janeiro de 2017, quando a reapresentação ocorre, mas o planejamento mudou para até a pré-temporada nos EUA - viajam dia 11.