Milton Mendes técnico do Vasco

Milton Mendes não poderá comandar o Vasco contra o Santos e São Paulo (Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Hugo Mirandela
13/07/2017
18:58
Rio de Janeiro (RJ)

Em julgamento no Pleno do STJD nesta quinta-feira, o técnico Milton Mendes acabou punido com dois jogos de suspensão por 'telefone sem fio' na partida contra o Corinthians, pela quinta rodada do Brasileirão. O treinador cruz-maltino não poderá comandar o time nos jogos contra o Santos e São Paulo. Já o Vasco foi absolvido por conta das confusões que aconteceram em São Januário na partida.

O clube e o treinador tinham escapado de punições no primeiro julgamento no Tribunal. Porém, a procuradoria entrou com recurso para rever as decisões. Na sessão desta quinta, o relator e a maioria dos auditores entenderam que Milton passou instruções ao seu auxiliar técnico durante o jogo contra o time paulista. O treinador não poderia fazer isso por estar cumprindo suspensão automática por conta da expulsão contra o Grêmio.

Em um primeiro momento, o relator Otávio Henrique Menezes Noronha votou para que Milton fosse punido com um jogo de suspensão convertido em advertência.  Logo depois, o auditor Décio Nehuaus disse que assim o treinador estaria sendo beneficiado, já que não tinha cumprido nem a suspensão automática. Assim, votou que ele fosse suspenso por duas partidas, uma sendo como a automática e outra como punição para a inflação. O relator concordou e foi acompanhado pela maioria na sessão.

Em relação aos tumultos em São Januário contra o Corinthians, o relator entendeu que o Vasco não teve culpa. Segundo ele, seguranças do clube agiram prontamente para resolver o problema na social. Por isso, votou para manter a absolvição e foi acompanhado pela maioria. 

Ainda foi julgado um recurso do Cruz-Maltino para reduzir uma multa de R$ 10 por conta de objetos jogados no campo no clássico contra o Fluminense, em São Januário. No entanto, os auditores resolveram manter a punição.

Nesta segunda-feira, o Vasco será julgado no STJD pelas cenas de violência ocorridas no clássico contra o Flamengo, em São Januário, no último sábado. Por conta disso, o estádio foi interditado e o clube pode perder até 25 mandos de campo.