Jorginho - Santos x Vasco

Jorginho está preocupado com a fase do Vasco (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

David Nascimento
09/09/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

O primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro foi perfeito para o Vasco. Liderou de ponta a ponta as primeiras 19 rodadas, somando 39 pontos em 12 vitórias, três empates e quatro derrotas. O ânimo pela gordura criada era tão grande que Jorginho dava como certo o acesso vascaíno à elite do futebol brasileiro entre a décima e 12 rodada do segundo turno do torneio. Porém, não é isto que está sendo visto. O Vasco é o lanterna do returno da competição.

Em quatro jogos disputados no segundo turno da Série B, o Vasco somou apenas dois pontos, um aproveitamento de 16,67%, bem diferente dos 68.42% visto ao final do primeiro turno. A equipe de Jorginho não venceu, empatou duas vezes e saiu de campo derrotado em outras duas oportunidades. Um cenário visto internamente em São Januário como do “céu ao inferno” na comparação com as 19 rodadas iniciais, e o trabalho vem sendo intensificado de maneira árdua para que o time volte aos trilhos.

Apesar do jejum de cinco jogos na competição e da má fase do time, o Vasco ainda está bem cotado para ser o campeão da Série B e ter o acesso à elite do futebol brasileiro da próxima temporada. De acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais, o Vasco tem 22.4% de chances de levantar o título da competição no fim do ano, seguido por Brasil de Pelotas (15.9%), Atlético-GO (24.1%) e CRB (11.1%).

Para o acessso à Série A de 2017, o Vasco tem 67.1% de chances segundo a mesma pesquisa, seguido por Brasil de Pelotas (57.4%), Atlético-GO (72.2%) e CRB (48%). Os números seguem favoráveis para o Vasco, mas não se sabe até quando continuará desta maneira. Em meio ao decisivo momento que passa, os vascaínos possuem neste sábado, contra o Oeste, em São Januário, a obrigação de acabar com o jejum, voltar a vencer e dar alegrias ao torcedor para que deixe a lanterna do segundo turno e acenda a sua luz.