Nenê - coletiva

Artilheiro do time no Brasileiro, Nenê faz primeiro jogo no Caldeirão (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com)

LANCE!
19/11/2015
09:40
Rio de Janeiro

Um jogo já no final da temporada, e com a importância para os dois lados que terá. Como se não bastasse, a noite desta quinta ainda será de estreias. Como durante grande parte do Campeonato Brasileiro o Vasco mandou seus jogos no Maracanã, será a primeira vez de Nenê e do técnico Jorginho, pelo Cruz-Maltino, em São Januário.

– Bem, joguei dois anos aqui e sei da força do estádio. Sempre foi nossa casa, sempre foi o caldeirão. E encaro desta forma. E é muito importante ressaltar, para o nosso torcedor, o quanto precisamos deles, apoiando os atletas, sabendo que não estamos jogando contra qualquer equipe. É o líder do campeonato. Todo apoio é bem vindo - destacou o comandante.

Nenê vem sendo o principal jogador do Vasco nesta arrancada para tentar fugir do rebaixamento. Já fez gol de pênalti, de cobertura... mas a chance de marcar no Caldeirão Vascaíno será a primeira nesta quinta à noite.

– Estou muito ansioso de ver esse estádio lotado. Para o Caldeirão ferver, como a torcida costuma cantar. Quero ver esse ambiente na quinta-feira (hoje) e tenho fé de que vamos terminar vencedores no final da partida – destacou o camisa 10.

Além dos dois pilares da reação cruz-maltina, a partida pode marcar o encontro e reencontro com a Colina Histórica. Jorge Henrique, que deve ficar no banco, pode estrear no estádio. Eder Luis e Bruno Gallo, jogadores com passagem pelo clube, podem voltar a atuar no Caldeirão.

Na última partida do Cruz-Maltino no estádio, Nenê nem tinha chegado ao clube ainda e Celso Roth era o técnico. Foi na derrota de 4 a 1 para o Palmeiras, em jogo válido pela 15 rodada do Brasileirão. Agora, com um novo maestro no meio campo e um novo comandante, o Vasco busca fazer as pazes com o estádio contra a melhor equipe do campeonato.