David Nascimento
09/11/2016
00:55
Rio de Janeiro (RJ)

A situação do Vasco neste fim de temporada está dramática. O empate em 1 a 1 na noite desta terça-feira diante do Luverdense, em São Januário, somado com a combinação de resultados - vitórias de Náutico e Bahia - fez a equipe comandada por Jorginho ficar a dois pontos do quinto colocado e a três rodadas para o final da Série B do Campeonato Brasileiro, nove pontos a serem disputados, ter que conquistar ao menos cinco, além de torcer para que consiga retornar à elite do futebol nacional em 2017. Em entrevista coletiva após o empate, Jorginho não jogou a toalha neste término de 2016.

-- Desistir? Jamais. Temos três jogos e só depende da gente. Não jogamos de uma maneira ruim. Tomamos um gol que não deveríamos tomar. Estamos batalhando para sair as jogadas. A bola não está entrando. Estamos criando, mas falta eficiência. É um momento difícil que temos que ultrapassar. Agora, meu amigo, é perseverança. Não podemos desistir. Ainda depende só de nós, mesmo com os dois jogos fora de casa - afirmou o treinador.


A sequência final do Vasco não é das melhores. Tem no sábado o Bragantino fora de casa e na semana que vem o Criciúma, também longe do Rio de Janeiro. A última partida, diante do Ceará, será em São Januário. Três partidas que ganharam contornos dramáticos para o clube não seguir na Série B em 2017. Na tarde desta quarta-feira, os jogadores se reapresentam no estádio para encontrarem uma forma de mudar o rumo e reencontrar a paz.