Jorginho no primeiro dia de coletiva do Vasco em 2016

Jorginho falou sobre os planos para 2016 (Foto: Wagner Meier/Lancepress)

Matheus Babo
31/01/2016
20:04
Rio de Janeiro (RJ) 

O Vasco estreou em 2016 com uma boa vitória por 4 a 1 sobre o Madureira, em São Januário. Mas apesar da goleada dentro de campo, o técnico Jorginho não saiu plenamente satisfeito da partida deste domingo. O treinador exaltou a conquista do resultado, ressaltando a importância de estrear com vitória, mas afirmou que o time precisa melhorar muito com o passar dos jogos.

- Em termos de resultado é muito importante começar vencendo. Traz mais confiança. Começamos a acreditar mais no trabalho. Ainda estamos longe do nosso ideal, do que almejamos para nossa equipe, para ter um equilibrio de jogo. O trabalho em Pinheiral foi incrível. Queria parabenizar meus preparadores físicos, o time se superou fisicamente, mas não conseguimos manter o equilibrio o jogo inteiro. Precisamos melhor, ainda tivemos momentos em que saímos lançando e tomamos o gol dessa forma. É com o tempo que vamos alcançar esse equilibrio. Pés no chão. Tem muita coisa pela frente. Temos que manter a concentração - explicou o treinador.

Jorginho também exaltou as atuações do atacante Riascos e do meia Nenê, destaques do time na partida deste domingo. O técnico falou sobre a atuação do colombiano e quando questionado sobre a permanência do jogador, que tem contrato até de empréstimo até maio, explicou que ainda é muito cedo para analisar isso:

- Ele foi muito bem no jogo. Cumpriu bem a função tática. Pressionou na marcação, tomou algumas bolas de surpresa do adversário. É isso, o atacante depende de gols, fiquei feliz porque já vinha pedindo essa cobrinha pra ele e ele não conseguia. É importante, ele pertence ao Cruzeiro e é muito bom ele estar bem. Sabemos que pode surgir interesse, mas está muito cedo para analisar isso.