Jorginho (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Jorginho gostou do que viu, mas salientou alerta sobre jogada adversária (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

LANCE!
30/05/2016
14:00
Rio de Janeiro (RJ)

A atitude que o time vascaíno teve e a velocidade com que conseguiu responder após sofrer o empate do Bahia, em São Januário, no último sábado, foram exaltados por Jorginho. O treinador lembrou que se tratava de um confronto direto na briga pelo título e salientou o quanto a vitória era importante para “criar gordura” visando o restante da temporada.

O comandante cruz-maltino, por outro lado, ressaltou que a equipe tomou um dos gols em um lance que foi repetidamente avisado ao grupo.

– A equipe teve um bom volume de jogo. Gostei muito, principalmente no primeiro tempo. Tomamos um gol que eu havia alertado para ficarmos ligados. Essas entradas do Bahia nas costas dos nossos laterais se tornaram perigosas. Mas a equipe teve uma reação rápida com o gol do Nenê. O Bahia é uma equipe que com certeza lutará para ser campeã. Era um confronto direto, super importante vencer. Não podíamos perder de jeito nenhum, principalmente jogando em casa. Criar gordura necessária para usufruirmos disso lá na frente. Quero parabenizar meus jogadores por um feito maravilhoso – afirmou Jorginho.

O Vasco abriu 2 a 0 no placar ainda no primeiro tempo, mas a vantagem foi por água abaixo aos 18 minutos do segundo tempo, quando Danilo Pires deixou tudo igual. Mas dois minutos depois, Nenê fez o terceiro do time cruz-maltino e o camisa 10 ainda ampliou aos 33 minutos. Após Nenê perder um pênalti, o Bahia ainda chegou ao terceiro, em falha da defesa da equipe de São Januário, já nos minutos finais.