Jorginho 42 pontos

Treinador criticou horário dos jogos da 37ª rodada do Brasileirão (Foto: Reprodução)

Vinícius Britto
28/11/2015
10:30
Rio de Janeiro (RJ)

Depois da partida do próximo domingo, em São Januário, os jogadores do Vasco certamente irão se perguntar quanto está o jogo do Coritiba, contra o Palmeiras. Concorrente direto, o time do Paraná entra em campo uma hora depois do Cruz-Maltino, às 18h.

Na coletiva da última sexta-feira, Jorginho classificou a diferença dos horários dos dois jogos como injusto. Para ele, o ideal seria todas as partidas da rodada no mesmo horário, como acontece em diversas ligas do mundo.

- O ideal seria todos jogarem juntos. Não é justo nós termos jogo às 17h e o Coritiba às 18h. Nós sabemos que existem várias situações, questão da televisão, o interesse das emissoras de colocar um jogo sábado e outro domingo. Mas o ideal, nesse momento de definição da competição, como acontece em outros países, seria os últimos três jogos no mesmo horário e dia. Hoje em dia, as informações chegam de todos os lados. Não tem como fazer isso. O ideal seria jogar no mesmo horário, mas como isso não vai acontecer, precisamos secar e fazer nossa parte.

Para superar o momento difícil vivido pelo Cruz-Maltino, a união de todos no clube é necessária. O treinador agradeceu o respaldo da comissão técnica e diretoria e aproveitou para

- Nossa diretoria sempre tem dado muito apoio nos momentos mais difíceis. No nosso 6 a 0 contra Inter, nosso vice-presidente estava lá. O amor dele pelo clube e aquilo que ele falou pra gente nos sensibilizou. Toda semana tem reunião com presidente, ele sempre diz que acredita, que o trabalho está sendo bem feito, procura passar coisas pra gente, dar atenção - valorizou Jorginho.