icons.title signature.placeholder Vinícius Britto
icons.title signature.placeholder Vinícius Britto
20/08/2015
18:31

O atacante Jorge Henrique, destaque do clássico da última quarta-feira, entre Vasco e Flamengo, elogiou a exibição do Vasco na partida e creditou a vitória ao bom ambiente vivido dentro do clube de São Januário. O jogador comentou também sobre a diferença do ambiente do Cruz-Maltino para o Internacional, seu antigo clube.

- Eu fico feliz pela oportunidade que estou tendo aqui, vestindo essa grande camisa. Estão me passando bastante confiança. Primeiro dia que eu cheguei aqui, me senti leve, fiquei à vontade. Aqui eu estou feliz, coisa que não acontecia no Internacional. Não estava tendo muitas oportunidade também. Hoje, posso dizer que eu voltei a jogar futebol - destacou o camisa 11.

Jorge Henrique precisou somente de dois jogos para mostrar seu cartão de visita para a torcida vascaína. E, se depender do atacante, ele não irá parar por aí. O autor do gol do clássico pediu um Vasco ofensivo no próximo jogo, contra o Goiás.

- Não adianta ficar recordando os pontos perdidos. Precisamos vencer e somar o maior número de pontos possível. Então não adianta ficar recuado esperando o Goiás. Vamos procurar atacar desde o primeiro minuto - garantiu.

Com a vitória da última quarta, o Vasco precisa apenas de um empate  contra o Flamengo na partida da próxima semana, dia 26, também no Maracanã, para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Entretanto, no Campeonato Brasileiro a situação é diferente. Na lanterna, o Cruz-Maltino busca a reação já neste fim de semana.

O atacante Jorge Henrique, destaque do clássico da última quarta-feira, entre Vasco e Flamengo, elogiou a exibição do Vasco na partida e creditou a vitória ao bom ambiente vivido dentro do clube de São Januário. O jogador comentou também sobre a diferença do ambiente do Cruz-Maltino para o Internacional, seu antigo clube.

- Eu fico feliz pela oportunidade que estou tendo aqui, vestindo essa grande camisa. Estão me passando bastante confiança. Primeiro dia que eu cheguei aqui, me senti leve, fiquei à vontade. Aqui eu estou feliz, coisa que não acontecia no Internacional. Não estava tendo muitas oportunidade também. Hoje, posso dizer que eu voltei a jogar futebol - destacou o camisa 11.

Jorge Henrique precisou somente de dois jogos para mostrar seu cartão de visita para a torcida vascaína. E, se depender do atacante, ele não irá parar por aí. O autor do gol do clássico pediu um Vasco ofensivo no próximo jogo, contra o Goiás.

- Não adianta ficar recordando os pontos perdidos. Precisamos vencer e somar o maior número de pontos possível. Então não adianta ficar recuado esperando o Goiás. Vamos procurar atacar desde o primeiro minuto - garantiu.

Com a vitória da última quarta, o Vasco precisa apenas de um empate  contra o Flamengo na partida da próxima semana, dia 26, também no Maracanã, para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Entretanto, no Campeonato Brasileiro a situação é diferente. Na lanterna, o Cruz-Maltino busca a reação já neste fim de semana.