Jorge Henrique

Jorge Henrique falou do grande desgaste causado pelas sequência de jogos na Série B (Foto:Paulo Fernandes/Vasco)

Bernardo Cruz
26/07/2016
15:53
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco voltou a treinar nesta terça-feira pela manhã. Após uma atividade mais leve no dia anterior, os titulares precisaram suar a camisa em São Januário em uma atividade tática comandada pelo técnico Jorginho, que incentivou muito o grupo em pouco mais de uma hora. No entanto, uma ausência foi sentida.

O meia Nenê novamente não foi ao gramado. O jogador, que sentiu um problema na coxa e desfalcou o Vasco nos últimos dois jogos (contra o Luverdense ele foi poupado), mais uma vez ficou fazendo tratamento para tentar voltar a equipe na partida contra o Criciúma, sábado, em São Januário.
O zagueiro Jomar foi outro que não participou uma atividade, mas apenas por precaução pela pancada levada diante do Bragantino.

O atacante Jorge Henrique ressaltou a sequência desgastante enfrentada pelo elenco vascaíno e comemorou a pausa de 18 dias na Série B.

- Não vejo a hora de chegar o jogo com o Ceará. Eu sou um jogador que me desgasto bastante nas partidas, preciso ganhar mais força, descansar mais, treinar alguns fundamentos. Essa parada vai me ajudar - declarou o jogador, que por outro lado lamentou o fato do Vasco precisar mandar as partidas contra Sampaio Corrêa e Vila Nova fora de São Januário por conta dos Jogos Olímpicos, que começam no mês que vem:

- Para nós jogadores é muito ruim. Estamos trazendo o torcedor para o nosso lado, confiança. Jogar dentro de casa. As viagens são longas, ter que jogar em Cariacica, Manaus. Não dá tempo para recuperar de um jogo para o outro. Temos que acatar o que vier pela frente. Eu acho que poderia parar o campeonato. Dar uma pausa para as equipes se organizarem taticamente, voltarem a dar um espetáculo - declarou.

O Vasco volta a treinar nesta quarta-feira de manhã em São Januário.