Andrezinho e Nene - Vasco x Goiás

Andrezinho será a referência na ausência de Nenê nesta quarta-feira (Foto: Celso Pupo/ Agência Lancepress!)

Bernardo Cruz e David Nascimento
20/07/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

A Copa do Brasil tem tratamento especial para o Vasco em 2016. Mesmo que o objetivo prioritário seja o retorno para a Série A, diretoria, comissão técnica e jogadores sempre olharam com carinho para a competição nacional, sobretudo pelo primeiro semestre quase perfeito. Para que o sonho do bicampeonato se mantenha vivo, o Cruz-Maltino precisa superar nesta quarta-feira a vantagem do Santa Cruz, no Arruda, às 21h45 (de Brasília). Para isso, se espelha na campanha vitoriosa de 2011, quando faturou o caneco pela primeira vez.

Mesmo ainda sendo a terceira fase, há semelhanças entre o desempenho da equipe atual e da comandada por Ricardo Gomes há cinco anos. Se dentro de casa existia dificuldades para valer o mando de campo, como visitante o Vasco conquistou vitórias importantes e teve suas melhores atuações naquela caminhada longe dos seus domínios. Em 2016, o Cruz-Maltino venceu seus dois jogos fora de casa, empatou duas vezes e ganhou apenas um compromisso em São Januário até aqui.

– Estamos vindo de bons resultados fora de casa, jogando bem. Estamos preparados. É uma decisão para todos nós do Vasco. A força do nosso elenco e a força do Vasco é muito grande. Estamos confiantes no resultado, uma vitória simples classifica a gente – afirmou Andrezinho, que terá a missão hoje de comandar o meio de campo na ausência de Nenê, machucado.

Para que a caravela vascaína siga nos mares agitados da Copa do Brasil, basta uma vitória simples ou mesmo empate por dois ou mais gols. Novo 1 a 1 levará a decisão para a disputa de pênaltis. Para quem vem superando desafios desde o ano passado, o Vasco tem preparo e inspiração de sobra para não ser surpreendido.

Autor do gol do título, Eder Luis é o único remanescente
O elenco de 2011 praticamente se desfez cerca de dois anos depois. No entanto, Jorginho terá na delegação que viajou ontem para Recife o único remanecente da conquista. O atacante Eder Luis teve participação fundamental no jogo decisivo diante do Coritiba, ao marcar o segundo gol vascaíno no Couto Pereira.

Após deixar o clube em 2013 para atuar no futebol árabe, o jogador retornou ano passado. Nesta temporada, superou o grave problema no joelho e segue como uma opção no banco de reservas.

Para o duelo de logo mais, Eder volta a ser relacionado após ficar ausente por dois jogos, devido a dores musculares. Ele, inclusive, poderá iniciar a partida entre os titulares, uma vez que Nenê, lesionado, será desfalque certo no duelo realizado no Arruda.

VISITANTE INDIGESTO EM 2011

Comercial-MS
Na estreia na Copa do Brasil goleada por 6 a 1 e eliminação do jogo de volta.
......................
ABC
Na segunda rodada empate sem gols. Cruz-Maltino soube suportar a pressão.
......................
Náutico
No Recife, o Vasco teve uma de suas melhores atuações na competição e goleou por 3 a 0.
......................
Atlético-PR
Nova atuação convincente, empate por 2 a 2 na Arena da Baixada.
......................
Avaí
Após empate no Rio, a equipe de Ricardo Gomes teve seu melhor desempenho na competição e triunfou por 2 a 0.
......................
Coritiba
Única derrota, mas o título foi para São Januário.