VASCO 1916

Registro do time que conseguiu a primeira vitória do Vasco em 1916 (Foto: Site do Vasco)

David Nascimento
03/05/2016
07:15
Rio de Janeiro (RJ)

Era tarde do dia 3 de maio de 1916. No campo de General Severiano, o time de futebol do Club de Regatas Vasco da Gama fazia o seu primeiro jogo oficial na história. Diante do Paladino FC, a equipe, montada pelo departamento de futebol criado no ano anterior, nascia para se firmar como uma das principais do Brasil. E hoje faz a comemoração de seus 100 anos.

O Vasco, em sua origem em 1898, é um clube de regatas. Apenas em 26 de novembro de 1915, reunidos em Assembleia Geral Extraordinária, que foram aprovados novos estatutos que permitiram à diretoria criar a “secção de football”. Sem experiência, se filiou à Liga Metropolitana de Sports Athléticos e foi participar da Terceira Divisão do Campeonato Carioca de 1916.

Na estreia, diante do já citado Paladino, o Vasco, sem nenhuma experiência, deu vexame em campo. Saiu derrotado por 10 a 1. O gol vascaíno – o primeiro também da história em jogos oficiais – foi marcado por Adão Antônio Brandão, já quando o time perdia de 8 a 0 durante o segundo tempo. O Vasco terminara o torneio em último lugar.

A derrota por 10 a 1 foi tão significativa que até hoje ocupa o status de maior goleada sofrida pelo Vasco na história. No retorno para a sede do clube na época, diz a lenda que os jogadores foram recebidos com uma chuva de laranjas. Isso tudo pela insatisfação que se tinha pela frustração do resultado.

Com o passar do tempo, o Vasco aprendeu com os erros, evoluiu e se firmou como uma das principais equipes do Brasil.

- Foi um pontapé inicial para a categoria. Mesmo com a derrota, não desistiram com a ideia de levar o Vasco a potência no futebol. No remo o clube já tinha cinco títulos. Para isso foram buscar jogadores em ligas amadoras nos subúrbios do Rio. Isso foi importante para a conquista do primeiro título Carioca em 1923 - afirmou Raphael Milenas (Diretor do Departamento de Relações Especializas.

Ao longo destes 100 anos, a equipe entrou em campo 5.671 vezes. Saiu com a vitória 3.004 oportunidades. Empatou outras 1.317 partidas, sendo derrotado em 1.350 ocasiões. Uma história construída com muito orgulho para os vascaínos e que não tem fim.

NÚMEROS DO FUTEBOL VASCAÍNO

5.671
Jogos disputou o Vasco
......................
3.004
Vitórias conquistou o Cruz-Maltino em 100 anos de futebol
......................

11.098
Gols marcou o clube desde 1916, uma média de 1,96 por partida
......................

6.644
Gols sofreu o Gigante da Colina em sua história
......................

121
Títulos conquistou o clube carioca. Entre as principais estão uma Libertadores, uma Mercosul, quatro Brasileiros e 23 Cariocas.

FICHA TÉCNICA

PALADINO FC 10 x 1 VASCO

Local: General Severiano, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 03 de maio de 1916
Competição: Campeonato Carioca – 3ª Divisão
Organizadora: Liga Metropolitana de Sports Athleticos (LMSA)
Árbitro: Carlos Alberto Coelho
Gols: VASCO – Adão Antonio Brandão; PALADINO - Desconhecidos

VASCO – Antonio Pereira d’ Azevedo, Frederico Einsenlveker, Alvaro de Araujo Sampaio, Victorino Rezende da Silva, Antonio Bebiano Barreto, Augusto Pereira d’Azevedo, Adão Antonio Brandão, Oscar Guimarães, Mario Moraes, Joaquim Ferreira d’ Oliveira e Manoel Ferreira d’ Oliveira;

PALADINO – Raul Borges, João Carvalho Borges Filho, Geraldino Pacheco, Grasilheiro Ferreira Nunes, Frederico Camões, Gonçalo de Vasconcellos, Attilio, Amynes, Luicolu Coimbra, Benedito Fernandes e Osvaldo Quitanilha