David Nascimento
26/10/2016
23:53
Rio de Janeiro (RJ)

Na primeira quarta-feira com jogo do Vasco na Série B do Campeonato Brasileiro, deu empate. Em São Januário, a equipe não saiu do 0 a 0 com o Avaí e segue a agonia na briga para retornar à elite nacional. Os comandados de Jorginho até criaram, mas pararam a todo instante nas mãos do goleiro Renan, ex-Botafogo, que teve bela noite.

Os primeiros 30 minutos da partida foram totalmente favoráveis ao Vasco. O relógio não marcava nem o primeiro minuto e a primeira chance da equipe comandada por Jorginho era criada. Nenê aproveitou falha da zaga do Avaí e mandou para Douglas finalizar com muito perigo para o gol. No lance seguinte, novamente Douglas chegou bem ao ataque, mas acabou mandando para fora.


Na metade inicial da etapa inicial, nova chance para o Vasco. Rafael Marques aproveitou cobrança de escanteio e o goleiro Renan fez grande defesa, evitando que o zero saísse do placar. A partir dos 30, diminuíram o ritmo e, simultaneamente, o Avaí cresceu de produção. Aos 32, Diego Jardel mandou de primeira e Martin espalmar. O panorama até o intervalo seguiu lento, sem oportunidades efetivas.

Diferentemente do início da partida, o segundo tempo marcou pela monotonia. Tanto os jogadores do Vasco quanto os do Avaí retornaram do intervalo sem disposição de jogo. Impressionante a forma como esta mudança radical de ritmo em campo na atitude dos atletas prejudicou o duelo, o qual se esperava muito por serem dois postulantes à elite.

Somente nos minutos finais que o Vasco voltou a criar. Aos 31, Rodrigo aproveitou cobrança de escanteio e obrigou Renan a fazer outra grande defesa para o Avaí. No minuto seguinte, Luan, da equipe catarinense, recebeu o segundo cartão amarelo e acabou sendo expulso. Com um a mais, o time de Jorginho foi para o tudo ou nada, aos 43 Renan novamente salvou em tentativa de Nenê. O fantasma da B segue e com o presidente Eurico Miranda alvo de protestos dos torcedores após o apito final.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 0 AVAÍ

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 26/10/2016 - 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)
Auxiliares: Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS) e Sérgio Alexandre da Silva (MS)
Renda/público: R$ 76.960,00/3.177 pagantes
Cartões amarelos: Nenê, Douglas (VAS) e Judson, Luan, Luiz Gustavo (AVA)
Cartão vermelho: Luan 32'/2ºT (AVA)

VASCO: Martin Silva, Madson, Rafael Marques, Rodrigo e Julio Cesar (Alan 23'/2ºT); William, Douglas, Andrezinho e Nenê; Junior Dutra (Thalles 14'/2ºT) e Éderson (Jorge Henrique 27'/2ºT). Técnico: Jorginho.

AVAÍ: Renan, Luiz Gustavo, Fábio Sanches, Betão e Capa; Luan, Judson (João Filipe 15'/2ºT), Diego Jardel e Marquinhos (Caio César 35'/2ºT); Rômulo e William (Lucas Coelho 38'/1ºT). Técnico: Claudinei Oliveira.