Matheus Babo
25/02/2016
21:00
Rio de Janeiro (RJ)

Num dia em que o técnico Jorginho decidiu poupar alguns titulares para observas alguns reservas em ação, o Vasco empatou com Friburguense em 2 a 2, gols de Rômulo e Riascos (2), e se manteve na liderança do Grupo A no Campeonato Carioca, com 16 pontos, mas perdeu os 100% de aproveitamento na competição.

A partida foi um encontro de um time que, já classificado, parecia relaxado com o jogo diante de uma equipe que ainda busca a classificação e desde o primeiro minuto mostrou muita vontade em conseguir um resultado positivo fora de casa. Com cinco reservas, o Vasco tinha dificuldades para sair jogando e mesmo com a movimentação de Mateus Pet, Matheus Índio e Eder Luis na frente, as melhores chances eram criadas após os avanços de Madson pela direita, mas faltava qualidade no último toque.


Precisando do resultado, o Friburguense marcava a saída e bola e se fechava quando o Vasco passava do meio-campo. Em bom ataque pela direita, Flavinho aproveitou o espaço dado por Madson e cruzou para Rômulo. Rafael Vaz se precipitou ao tentar o bote e o atacante girou batendo firme no canto esquerdo de Martin Silva para abrir o placar.

Após o gol, o jogo segui da mesma forma que havia começado: ruim. E o Vasco passou a buscar os lançamentos. Num deles, Julio dos Santos deu um passe primoroso para Eder Luis, que cruzou para Riascos, sozinho, só empurrar para as redes e empatar o jogo.

Na segunda etapa, o jogo seguiu amarrado até os 15 minutos finais. A partir dali, muita emoção. As duas equipes resolveram buscar o gol e após um escanteio cobrado por Yago Pikachu, Riascos subiu mais alto que a defesa adversária e marcou seu segundo gol. Na comemoração, o colombiano foi até a arquibancada, pegou o filho Paulinho no colo e festejou com ele na beira do gramado. Por sorte, o atacante não levou cartão amarelo. Se tivesse recebido a punição, Riascos ficaria suspenso do clássico contra o Botafogo, no domingo.

Quando tudo parecia se encaminhar para mais uma vitória vascaína, Luan se jogou para cortar um cruzamento e a bola pegou no seu braço. Pênalti que Rômulo cobrou bem para empatar. Era o fim dos 100% de aproveitamento. 

FICHA TÉCNICA:
VASCO 2 X 2 FRIBURGUENSE


Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 25/2/2016, às 19h30
Árbitro: Leandro Newley Ferreira Belota (RJ)
Auxiliares: Daniel de Oliveira Alves Pereira (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
Cartões amarelos:  Pierre (FRI)
Cartões vermelhos: - 
Público e renda: Presentes: 2180 / Pagantes: 1532 / Renda: R$ 47.900,00
Gols: Rômulo (25'/1ºT e 37'º2T); Riascos (44'/1ºT e 33'/2ºT)

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo (Rafael Vaz - 20'/1ºT) e Henrique; Bruno Gallo, Julio dos Santos, Mateus Pet (Thalles - 24'/2ºT) e Matheus Índio (Yago Pikachu - Intervalo); Eder Luis e Riascos. Técnico: Jorginho

FRIBURGUENSE: Marcos, Ronaldo (Sérgio Gomes - 30'/2ºT), Bidu, Diego e Flavinho; Pierre, João Victor, Gleison (Bernardo - 24'/2ºT) e Jorge Luiz; Rômulo e Maycon (Jefinho - 22'/2ºT). Técnico: Gerson Andreotti