Eurico Miranda (à direita, de amarelo) assistiu os desfiles (Foto: João Matheus Ferreira)

Eurico Miranda (à direita, de amarelo) assistiu os desfiles (Foto: João Matheus Ferreira)

João Matheus Ferreira
08/02/2016
07:09
Rio de Janeiro (RJ)

Assim como no ano passado, Eurico Miranda prestigiou o 1º vice geral do Vasco e presidente da Unidos da Tijuca, Fernando Horta, e acompanhou o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro no camarote da agremiação tijucana, na madrugada de domingo para segunda, no Sambódromo. Eurico chegou por volta das 0h e, com bastante fôlego, só foi embora ao término do desfile da Tijuca, última escola a se apresentar na Sapucaí - terminou quase às 6h.

Em praticamente todo o tempo que esteve no Sambódromo, Eurico  assistiu aos desfiles sentado em uma cadeira no canto do camarote. Acompanhado de refrigerante e sem o tradicional charuto, o presidente do Vasco recebeu "mimos" de muita gente do camarote. Cada hora era uma pessoa tirando foto, cumprimentando ou servindo petiscos ao dirigente, que apesar desses "paparicos", passou boa parte do tempo sozinho, sem tirar o olho dos desfiles.

Eurico se levantou apenas quando a bateria da Unidos da Tijuca passou em frente ao camarote. Nesse momento, o dirigente se levantou e, de pé, assistiu às batucadas. De camisa polo amarela - um homenagem à escola - ele se manteve de pé até o fim do desfile. Na parte final, bateu palmas e mostrou que gostou do que viu. A Escola é, novamente, uma das cotadas para o título.

Recentemente, Eurico passou por um procedimento cirúrgico, mas sequer chegou a se afastar da presidência do Vasco. Na semana passada, participou da coletiva de lançamento do novo projeto de Sócio Torcedor do clube. Aos 71 anos, o dirigente foi eleito preside o Cruz-Maltino até o fim do ano que vem.