Eurico Miranda

Eurico Miranda diz que não negociou apoio e não ocupara cargo na nova gestão (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

David Nascimento e Hugo Mirandela
20/01/2018
03:24
Rio de Janeiro (RJ)

Ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda exaltou o resultado da pleito que elegeu Alexandre Campello como novo mandatário do clube nos próximos três anos, classificando de 'vitória do Vasco'. Mesmo apoiando o ex-médico do clube na eleição, ele garantiu que não terá cargo na nova gestão e garantiu que será eleito para presidência do Conselho de Beneméritos.

- A vitória é do Vasco. Sou um grande benemérito do Vasco e devo ir para o Conselho de Beneméritos. Eu ainda vou durar muito tempo, você não vai me ver fora do Vasco. Quem colocou que eu ia sair pela porta dos fundos, ser derrotado. Não há hipótese de eu ser derrotado no Vasco. Qual o cargo que preciso na nova gestão? Eu com certeza vou ser presidente do Conselho de Beneméritos. Preciso de mais nada - disse Eurico, criticando Julio Brant.

- Eu já disse antes para vocês (jornalistas) todos entenderem, não se atinge os beneméritos do Vasco, eles não nasceram para serem atingidos. Não é um Juninho Pernambucano que trabalha na sua emissora ou outros que acham que decidem só porque jogaram futebol. Não conhecem nada de Vasco, não conhecem a história. Esse 'fake news' (Julio Brant) achou que poderia chegar, atingir benemérito, e o resultado está aí.

Eurico Miranda garantiu que não negociou cargos por apoio a Alexandre Campello na eleição. Segundo ele, seu único objetivo era não deixar Brant ser o presidente.


- Não negociei coisa nenhuma. A única coisa que disse e vou repetir 'o Brant não seria presidente do Vasco'. O que vocês (jornalistas) tentaram fazer presidente do Vasco, tentaram de toda maneira, não seria. Agora foi o Campello, ótimo. Não pedi nada, não negocie nada, não tenho culpa daquelas que me apoiam tenham escolhido o Campello.

placeholder