David Nascimento
14/06/2016
21:20
Rio de Janeiro (RJ)

Na volta de Nenê, o protagonismo foi de Eder Luis. Depois de mais de dois anos sem fazer gol e passar por longo período de recuperação de lesão, Eder fez o gol que deu a vitória ao Vasco na noite desta terça-feira por 3 a 2, em São Januário. Provando também que a equipe não se abalou após perder a invencibilidade de 34 partidas no último jogo. A liderança também foi mantida.

A noite era de retorno de Nenê ao time titular do Vasco, depois de ter cumprido suspensão no fim de semana. O camisa 10, entretanto, passou o primeiro tempo sem muito aparecer, ajudando na articulação das jogadas, mas com pouca efetividade ao gol do adversário.

Mesmo com isso, o elenco do Vasco, com uma qualidade bem superior em comparação ao grupo do Náutico, não demorou muito a chegar com perigo ao ataque e abrir o marcador. Aos 12, Madson cobrou um lateral com perfeição nos pés de Andrezinho. O meia do time de Jorginho, de primeira, fez o gol.

Com a vitória parcial, o Vasco tirou um pouco o pé do acelerador, dando espaços ao Náutico, principalmente pela esquerda. E depois de alguns escanteios sucessivos, a equipe pernambucana igualou o marcador aos 33 com Rafael Pereira, aproveitando cobrança de Taiberson, que bateu bem fechado.

Como normalmente acontece, Jorginho utiliza os intervalos para dar um ânimo ao time do Vasco, fazendo com que os jogadores retornem renovados para o segundo tempo. E a prova foi vista logo no minuto inicial. Após falha de Júlio César, goleiro do Náutico, Rodrigo aproveitou sobra da bola e colocou o Vasco mais uma vez na frente.


No decorrer do segundo tempo, o Vasco não diminuiu o ritmo e seguiu a batida novamente aos 32 minutos. William Oliveira recebeu de Madson e colocou Eder Luis para correr. O atacante do Vasco driblou Júlio César e foi oportunista para estufar as redes adversárias.

Um gol de alívio para Eder Luis, já que ele não sentia o gosto de fazer um gol há mais de dois anos. Ainda deu tempo para aos 47, Renan Oliveira diminuir para o Náutico. Vitória garantida ao Vasco em São Januário e mais disposição para a sequência da Série B. Sábado tem o Paysandu.

FICHA TÉCNICA
VASCO 3 X 2 NÁUTICO


Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 14/6/2016 - 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Auxiliares: Neuza Ines Back (SC) e Leirson Peng Martins (RS)
Renda/público: R$ 93.710,00/3.096 pagantes
Cartões amarelos: Marcelo Mattos, Jorge Henrique, Madson (VAS) e Gastón Filgueira, Taiberson, Eurico, Eduardo (NAU)

GOLS: Andrezinho 12'/1ºT (1-0), Rafael Pereira 33'/1ºT (1-1), Rodrigo 1'/2ºT (2-1), Eder Luis 32'/2ºT (3-1) e Renan Oliveira 47'/2ºT (3-2)

VASCO: Jordi, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar (Henrique 34'/2ºT); Marcelo Mattos, William Oliveira, Andrezinho (Eder Luis 29'/2ºT) e Nenê; Jorge Henrique e Leandrão (Thalles 41'/1ºT). Técnico: Jorginho.

NÁUTICO: Júlio César, Joazi, Eduardo, Rafael Pereira e Mateus Muller; Gastón Filgueira (Eurico intervalo), Maylson, Bergson (Odilávio 26'/2ºT) e Roni; Jefferson Nem e Taiberson (Renan Oliveira 19'/2ºT). Técnico: Alexandre Gallo.