Riascos - Vasco x Fluminense

Atacante teve participação decisiva contra o Flamengo (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)

LANCE!
24/04/2016
18:15
Rio de Janeiro (RJ)

Nem se César Martins e Wallace fossem amigos do peito de Riascos ou o clássico deste domingo entre Vasco e Flamengo fosse disputado no Natal o colombiano teria recebido tantos presentes da dupla de zaga rubro-negra durante o jogo. Foram pelo menos três lances importantes - um lance perigoso, uma jogada de gol e um gol, propriamente dito - concedidos ao atacante na Arena da Amazônia.

A série de "regalos", em bom espanhol, começou aos 16 minutos do primeiro tempo, quando Wallace saiu jogando de forma estabanada pela esquerda, em uma tentativa frustrada de drible. A bola acabou sobrando nos pés do atacante do Vasco, que cruzou na medida para Nenê. Sorte do Flamengo que o camisa 10 pegou de primeira e mandou por cima. Quase uma assistência para Riascos.

O segundo foi um presentaço. César Martins deu condição de jogo a Riascos no passe em profundidade que teve o colombiano como alvo. A descida em velocidade, a sequência de dribles desconcertantes no próprio César Martins foram as cenas que chamaram mais a atenção na jogada que originou o primeiro gol, marcado por Andrezinho.

O terceiro presente coroou a atuação desastrada da zaga do Flamengo. Riascos recebeu na área e chutou. O rebote de Paulo Victor voltou na canela de Wallace, e a bola morreu no fundo das redes.

Riascos, agraciado da tarde, foi substituído aos 31 minutos.

Com tanto presente, não teve jeito, e o Vasco chegou ao nono jogo seguido sem perder para o Flamengo.