Campeonato Carioca - Vasco x Madureira

Vasco mantém estampa nas camisas, mas continuidade está indefinida (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

Matheus Babo
26/02/2016
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

A fase do Vasco dentro de campo é muito boa, mas fora dele o clube ainda tem muita coisa para definir. Uma das prioridades da diretoria é resolver a situação dos patrocinadores que estampam suas marcas na camisa cruz-maltina e uma definição com sobre a renovação com a Caixa e o pagamento por parte da Viton 44 será tomada até semana que vem.

Com a Caixa (patrocinadora master), a negociação é por uma renovação, mas ainda não há acordo pelos valores. Já com a Viton 44, que tem contrato até o fim deste ano, há um impasse. A empresa de bebidas já declarou que não tem condições de arcar com os custos, mas o Vasco não pretende aceitar uma rescisão.

O que atrasou essa definição foi o problema de saúde do presidente Eurico Miranda. É ele quem vem tocando as negociações e por ter passado por uma lobectemia (abordagem cirúrgica do câncer de pulmão) recentemente, não pôde ir a Brasília negociar pessoalmente com a Caixa. O impasse está no valor. O Vasco que manter os R$ 15 milhões anuais e o banco pretende diminuir a quantia para R$ 12,5 milhões.

Em entrevista ao jornal Correio Braziliense nesta semana, Gerson Bordignon, superintendente de marketing da estatal, não mostrou muita confiança na continuidade da parceria:

- Impossível saber se vai dar certo.

Se dará certo ou não, realmente ainda não é possível saber. Resta aguardar até a próxima semana para ver como será a reta final de negociações.