Madson foi titular absoluto durante a temporada (Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Madson foi titular absoluto durante a temporada passada (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

LANCE!
09/02/2016
09:00
Rio de Janeiro (RJ)

Madson é um jogador novo. Tem apenas 24 anos. No Vasco desde o início do ano passado, porém, vem se firmando como titular insubstituível na lateral direita. Neste 2016, Yago Pikachu foi contratado para fazer sombra ao jogador, mas a ideia inicial não durou muito. O reforço vem treinando e jogando no meio de campo, deixando Madson absoluto na equipe de Jorginho.

Este esquema com Madson seguindo na direita e Pikachu improvisado no meio de campo vem sendo treinado por Jorginho desde a pré-temporada realizada na cidade de Pinheiral, no sul do Rio de Janeiro. O treinador não abre mão de Madson em sua posição de origem, e para dar mais ofensividade ao Vasco, coloca Pikachu brigando com Mateus Pet.

– Na realidade, quando o Yago Pikachu entra, ele é um ponta, jogando pelos lados. Ele sabe se movimentar, é um jogador muito qualificado tecnicamente. Quando o Madson vai na descida pela direita, ele faz a cobertura. O Pet vai bem, mas a equipe não estava tão ofensiva como eu queria – destacou o treinador do Vasco.

Nos dois jogos que o Vasco já disputou neste ano – contra Madureira e América, ambos pelo Carioca –, Madson ficou o tempo todo em sua posição e Yago Pikachu entrou apenas nas etapas finais, substituindo Mateus Pet no meio de campo. O desempenho da formação está dando resultado e agradando o torcedor. Internamente, Jorginho não cogita mudar este panorama na equipe.

Em recente entrevista, Madson comentou que o treinador poderia colocar o Vasco neste ano da maneira que mais gosta. Período de trabalhos específicos para isso teve e segue incrementando as atividades ao longo dos dias em São Januário. Um teste mais fiel para saber se o esquema dará certo até fim poderá ser visto no clássico com o Flamengo, no domingo. Tudo mirando a volta à elite do futebol brasileiro em 2017.

– Esse ano o Jorginho vai conseguir colocar a equipe do jeito que ele gosta. Vai ter mais tempo para trabalhar. Esse ano o principal objetivo é o acesso. O Vasco é um time grande, todos os campeonatos em que ele entra é para vencer. Espero ter um ano de muita felicidade. Ano passado fui um dos que mais jogou.

Por ter sido um dos que mais entrou em campo em 2015 – foram 56 partidas –, Madson tem crédito com o torcedor do Vasco. O contrato do lateral-direito com o clube é válido até o dia 21 de janeiro de 2018. Yago Pikachu não vem sendo por ora uma sombra, mas pode ameaçar, caso Madson passe a não ir bem. Tem que tomar todos os cuidados.

OPINIÃO DA REDAÇÃO SOBRE MADSON

"Pikachu poderia pressioná-lo, mas o reforço deve jogar no meio"
Leonardo Martins - Editor do LANCE!

"É substituível, mas pode ser uma peça útil na luta pela volta à elite"
Jonas Moura - Repórter do LANCE!

"Mesmo com o ano de 2015, Madson saiu com moral e é importante"
Vinícius Britto - Repórter do LANCE!

"É um jogador mediano, mas suficiente para jogar a Série B"
Diego Lopes - Repórter do LANCE!