LANCE!
21/06/2018
12:00
Rio de Janeiro (RJ)

Os jogadores do Vasco seguem de férias por conta da paralisação do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo da Rússia. E o Cruz-Maltino já está orgulhoso da Seleção Brasileira. Isso devido a Philippe Coutinho, cria das categorias de base de São Januário, hoje no Barcelona, da Espanha. Foi dele o primeiro gol do Brasil no Mundial, no empate em 1 a 1 com a Suíça, no domingo passado. Nesta sexta-feira, o time de Tite entra em campo pelo segundo jogo, agora contra a Costa Rica, e os vascaínos estão esperançosos para que Philippe Coutinho siga brilhando na competição.

Um dos jogadores mais experientes do atual elenco do Vasco, o lateral-esquerdo Ramon comentou sobre Philippe Coutinho. Entre 2009 e 2010, os dois jogaram juntos no Cruz-Maltino e desde aquela oportunidade, segundo Ramon, já era possível ter a certeza que a então promessa, com 16 anos, chegaria ao topo do futebol mundial. Ramon lembrou com carinho e ainda ressaltou acreditar na conquista do hexacampeonato pela Seleção Brasileira.

- O Coutinho sempre foi um cara muito diferente. Ele já demonstrava uma qualidade e um entendimento tático absurdo com apenas 16 anos. É claro que ele oscilava um pouco durantes as partidas, o que era normal em virtude da idade, mas naquele momento todo mundo sabia e ninguém duvidada que ele tornaria um grande jogador e chegaria na Seleção Brasileira - afirmou Ramon antes de completar:

- Fiquei feliz com o gol marcado por ele na estreia. Apesar do empate, eu acredito muito na equipe. Temos um treinador muito sério e bastante preparado para a responsabilidade que tem. O grupo também é de alto nível. Todos os jogadores jogam em clubes gigantes e são destaques.

O site do LANCE! transmite o segundo jogo do Brasil na Copa do Mundo da Rússia em tempo real a partir das 8h desta sexta-feira.

placeholder