Riascos (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Riascos vem trabalhando intensamente nesta temporada (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

LANCE!
28/01/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Contestado pela torcida em 2015, Riascos vive um início de 2016 de dilemas. Vem sendo colocado como titular pelo técnico Jorginho na pré-temporada, mas vê o Vasco procurar outro camisa 9 no mercado. Pelo fato de o clube não ter achado outro nome, pelo menos até maio, ele é o dono da vaga.

Riascos pertence ao Cruzeiro e está em São Januário por empréstimo até o fim do Campeonato Carioca. Caso o Vasco queira comprá-lo, terá que desembolsar a quantia de dois milhões de dólares (R$ 8,1 milhões). Internamente, os dirigentes vascaínos consideram o valor caro, o que deixa a saída quase selada.

Apesar desta movimentação fora das quatro linhas, Riascos garante estar focado para esta preparação de início de temporada. O atacante destaca que a parte relacionada ao contrato deixa para os seus representantes resolverem.

– Estou focado em fazer uma boa preparação, um bom Campeonato Carioca, com gols. Sobre ficar (no Vasco depois de maio), há uma pessoa que cuida dessa situação. Acho que é melhor quando há competição. Estou me preparando do zero, fazendo uma boa pré-temporada para contribuir em campo – disse.

Desde que chegou ao Vasco, Riascos viveu altos e baixos. No início da passagem,quando chegou com certa pompa, fez gol da vitória sobre o Flamengo no Brasileiro, mas viveu um inferno astral junto com o time. A campanha foi ruim e a torcida o perseguiu. No fim da competição, retomou espaço ganhando a vaga de Leandrão.

RIASCOS NO VASCO

Chegada
Riascos chegou ao Vasco em maio do ano passado. O atacante pertence ao Cruzeiro e foi emprestado por um ano. O colombiano vinha com a promessa de acabar com os problemas ofensivos em São Januário.

Gol no Flamengo
Em junho, durante partida contra o Flamengo, Riascos fez o gol que garantiu a vitória para o Cruz-Maltino e ganhou o apoio dos torcedores. Um dos pontos principais foi por ter chegado pouco tempo antes e ter contribuído de maneira efetiva contra o maior rival.

Declínio
A partir do segundo semestre do ano passado, Riascos começou a cair de rendimento em campo, fazendo o torcedor perder a paciência. Acabou oscilando e não conseguiu ajudar na briga contra o rebaixamento para a Série B do Brasileiro.

Estatísticas
Desde que chegou ao Vasco, Riascos entrou em campo em 32 jogos. Durante este período, o atacante fez sete gols. Com ele em campo, o time de São Januário venceu 11 vezes, empatou em seis e perdeu 15 partidas.