Chegada do Vasco a Joinville (Fotos: João Matheus Ferreira)

Vascaínos tietaram bastante o meia Nenê, que foi muito atencioso com os fãs (Fotos: João Matheus Ferreira)

João Matheus Ferreira
21/11/2015
20:34
Enviado especial a Joinville (SC)

Em busca da vitória que pode manter vivo o sonho da permanência na Série A, contra o Joinville, neste domingo, às 17h, na Arena Joinville, o Vasco desembarcou na cidade catarinense na noite deste sábado e deixou claro o quanto importante é a partida deste domingo. Em voo fretado, vieram o presidente Eurico Miranda e a alta cúpula da diretoria, como o 1º vice geral, Fernando Horte, e o 2º vice geral, Silvio Godoi. O zagueiro Rodrigo, mesmo suspenso e sem poder jogar, também viajou para o Sul com a delegação.

Cerca de trinta torcedores recepcionaram os jogadores no hotel onde a delegação ficará hospedada. O local, aliás, foi mudado de última hora, já que o anterior estava lotado. A maioria dos jogadores deu bastante atenção ao tirar fotos e dar autógrafos. O mais assediado, como era esperado, foi o meia Nenê. Referência do time na campanha, ele atendeu a todos com calma e entrou bem depois dos demais jogadores no hotel. Acabou sendo ainda mais elogiado.

O Vasco precisa da vitória para continuar em busca da manutenção na Primeira Divisão. Se não vencer, pode ser rebaixado neste domingo, caso Avaí e Figueirense ganhem de Fluminense e Chapecoense, respectivamente. O Cruz-Maltino deve entrar em campo com Martin Silva; Madson, Luan, Rafael Vaz e Julio Cesar; Diguinho, Serginho, Andrezinho e Nenê; Rafael Silva e Riascos.