Evander - Vasco

Evander é um dos meias mais promissores formados na base do Vasco (Foto: Carlos Gregório Júnior/Vasco.com.br).

LANCE!
21/12/2016
14:52
Rio de Janeiro (RJ)

Para a próxima temporada, Vasco planeja contratar meia, para revezar com Andrezinho e Nenê. O técnico Cristóvão Borges preocupa-se com a posição, para que os dois principais meias do Cruz-Maltino não fiquem sobre carregados e para evitar problemas de queda do nível do time na próxima temporada, como aconteceu este ano, quando Nenê e Andrezinho se lesionaram no mesmo período e o rendimento da equipe caiu consideravelmente no segundo semestre do ano.

Mediante à situação, a diretoria visa contratar algum jogador que possa rejuvenescer o setor, que é um dos mais velhos da equipe, o que deixa Dátolo, que foi oferecido ao Vasco, de fora do planejamento do time para 2017.

É a segunda vez que Cristóvão vive o dilema. Em sua primeira passagem pelo Vasco, precisava revezar Felipe e Juninho em alguns momentos, para que os jogadores fossem poupados, o rendimento não diminuísse e para evitar dois meias lesionados ao mesmo tempo. Além disso, se um dos ídolos não pudesse estar em campo, o outro estaria, o que também animava a torcida.

Uma das opções que já está dentro de casa e pode ser utilizada é o meia Evander. O jogador tem 18 anos e é uma das maiores promessas da base vascaína. Na lista divulgada pelo jornal inglês The Guardian, que elege os jogadores nascidos em 1998 mais promissores do futebol mundial, Evander aparece ao lado de Martin Odegaard e Luca Fernández, filho de Zinédine Zidane, ambos atuam no Real Madrid. O jovem meia disputou 16 jogos em 2016, mas não chegou a marcar com a camisa cruz-maltina.

Além de Evander, Mateus Vital pode entrar para o esquema tático de armação do Vasco.
Na última temporada, Mateus disputou cinco jogos. O Gigante da Colina pretente estar com um meia para o revezamento com Andrezinho e Nenê. O ex-goleiro Acácio, que foi Campeão Brasileiro com o Vasco em 89, acredita que o clube deveria apostar nos jogadores formados na base.

- O Vasco deveria apostar mais nos jogadores formados na base, como Evander e Mateus Vidal mesmo e fazer um investimento maior nas posições mais carentes, que hoje são ataque e zaga. Não acho, por exemplo, que precise de goleiro. Não vejo jogador jovem de meio de campopara ser contratado agora que não custem tão caro ao clube. Então é melhor esperar o Brasileirão para poder contratar, se os meninos da base não estiverem no time até lá.