icons.title signature.placeholder Daniel Bortoletto
icons.title signature.placeholder Daniel Bortoletto
29/08/2015
19:50

Enquanto a bola rolava no Maracanã para o primeiro tempo de Vasco x Figueirense, válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, muitos torcedores se desesperavam na busca por ingressos nas bilheterias do estádio.

Filas se formaram e vascaínos corriam entre os guichês e as entradas do Maraca. Um fenômeno inesperado, já que apenas cinco mil ingressos foram vendidos antecipadamente até às 16h, número considerado pequeno após a classificação vascaína diante do Flamengo, na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

- Deixei para a última hora mesmo. Não esperava que fosse aparecer tanta gente. Me dei mal - disse o torcedor Diego da Silva Filho, 25 anos, após comprar seu ingresso na bilheteria localizada ao lado do Ginásio do Maracanãzinho.

Até a metade da etapa inicial, a Concessionária Maracanã já registrava a presença de 18 mil torcedores dentro do estádio. Ou seja, entre 16h e 19h mais de 13 mil entradas foram vendidas.

A venda antecipada começou na quinta-feira, com a venda online. Haviam postos físicos também no próprio Maracanã, em São Januário, no Estádio Caio Martins, em Niterói, além de lojas no Shopping Nova América e na Praia do Leme e oito franquias da Gigante da Colina no Rio. E pelo jeito muito gente deixou para a última hora e se deu mal.

Enquanto a bola rolava no Maracanã para o primeiro tempo de Vasco x Figueirense, válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, muitos torcedores se desesperavam na busca por ingressos nas bilheterias do estádio.

Filas se formaram e vascaínos corriam entre os guichês e as entradas do Maraca. Um fenômeno inesperado, já que apenas cinco mil ingressos foram vendidos antecipadamente até às 16h, número considerado pequeno após a classificação vascaína diante do Flamengo, na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

- Deixei para a última hora mesmo. Não esperava que fosse aparecer tanta gente. Me dei mal - disse o torcedor Diego da Silva Filho, 25 anos, após comprar seu ingresso na bilheteria localizada ao lado do Ginásio do Maracanãzinho.

Até a metade da etapa inicial, a Concessionária Maracanã já registrava a presença de 18 mil torcedores dentro do estádio. Ou seja, entre 16h e 19h mais de 13 mil entradas foram vendidas.

A venda antecipada começou na quinta-feira, com a venda online. Haviam postos físicos também no próprio Maracanã, em São Januário, no Estádio Caio Martins, em Niterói, além de lojas no Shopping Nova América e na Praia do Leme e oito franquias da Gigante da Colina no Rio. E pelo jeito muito gente deixou para a última hora e se deu mal.